Cilindro (unidade de disco)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde junho de 2019). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Figura 1 - Estruturas de disco:
(A) Trilha
(B) Setor geométrico
(C) Setor de trilha
(D) Unidade de alocação

Um cilindro é uma divisão de dados em uma unidade de disco, como a usada no modo de endereçamento CCS de um disco rígido (ou disquete). Também é usado no modo de endereçamento cilindro-cabeça do disco CKD. O conceito é concêntrico, profundo, fatias cilindricas pelos discos físicos (bandejas), reunindo as respectivas trilhas circulares alinhadas pela pilha de bandejas.

Cilindros são formados verticalmente pelas trilhas. Em outras palavras, a trilha 12 na bandeja 0, mais a trilha 12 na banro de trilhas em uma unica superfície na unidade.

O termo cilindro é às vezes apresentado com a palavra "lógico" (e.g. a seção das trilhas correspondentes em todas as superfícies formam um cilindro lógico) para enfatizar o fato de ele ser um conceito abstrato em Unix, não um cilindro no sentido físico. Na arquitetura de disco ECKD, usada pelo z/OS em mainframes, cilindros são partes da estrutura física, mesmo quando definidos como uma camada no topo de um servidor de armazenamento.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências


Ícone de esboço Este artigo sobre Informática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.