Cirilo III de Constantinopla

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Cirilo III de Constantinopla
Nascimento Década de 1590
Xanti
Morte Desconhecido
Chipre
Ocupação ministro
Religião cristianismo ortodoxo

Cirilo III de Constantinopla (em grego: Κύριλλος Γ΄; m. depois de 1654), dito Spanos (em grego: Σπανός), foi patriarca ecumênico de Constantinopla por duas vezes, em 1652 e 1654. Nascido em Xanthi, Cirilo foi também bispo metropolitano de Corinto (1655-1675), Filipópolis e Tarnovo, mas nunca viveu nessas metrópoles. De caráter perverso e propenso a intrigas, o que provocou problemas constantes em seus mandatos, incluindo no patriarcado[1].

Depois de sua segunda deposição, Cirilo foi exilado para Chipre[1].

Ver também[editar | editar código-fonte]

Cirilo III de Constantinopla
(1652 / 1654)
Precedido por: Cruz ortodoxa.png

Patriarcas ecumênicos de Constantinopla

Sucedido por:
Joanício II
Joanício II
197.º Atanásio III
Joanício II

Referências

  1. a b «Κύριλλος Γ´» (em grego). Site oficial do Patriarcado Ecumênico de Constantinopla