Clã Oda

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
O emblema (mon) do clã Oda

O clã Oda (織田氏 Oda-shi?) foi um clã japonês do daimyo que se tornou numa importante força política durante o período Sengoku da história do Japão. O clã atingiu o seu auge durante a liderança de Oda Nobunaga antes de caírem da sua elevada posição após a sua morte durante o incidente Honnō-ji. Entretanto várias famílias permaneceram em casas daimyo até ao surgimento da Restauração Meiji.

História[editar | editar código-fonte]

Origens[editar | editar código-fonte]

O clã Oda durante o tempo de Nobunaga alegou que eram descendentes do clã Taira, por parte de Taira no Chikazane, neto de Taira no Shigemori (1138- 1179). Taira Chikazane havia-se estabelecido em Oda (província de Echizen) adquirindo assim o nome. Os seus descendentes, importantes vassalos do clã Shiba, shugo (governadores) de Echizen, da província de Owari, entre outros, receberam o Castelo de Inuyama, em 1435, que foi construído por Shiba Yoshitake. Oda atuou como shugo-dai (vice-governador) durante várias gerações.

Independência[editar | editar código-fonte]

Em 1452, após a morte de Shiba Yoshitake, vassalos dos clãs Oda e Asakura da Província de Echizen recusaram-se a apoiar a sucessão de Shiba Yoshitoshi passando a apoiar Yoshikado Shiba. Com isto, houve uma divisão entre domínios onde, gradualmente foram-se tornando independentes.

Importantes membros do clã Oda[editar | editar código-fonte]

Oda Nobunaga, membro mais famoso do clã.

Principais castelos do clã[editar | editar código-fonte]

  1. Castelo Nagoya
  2. Castelo Kiyosu
  3. Castelo Komakiyama
  4. Castelo Gifu
  5. Castelo Azuchi

Referências