Cneu Domício Calvino (cônsul em 332 a.C.)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com Cneu Domício Calvino, cônsul em 53 e 40 a.C..
Cneu Domício Calvino
Cônsul da República Romana
Consulado 332 a.C.

Cneu Domício Calvino (em latim: Gnaeus Domitius Calvinus) foi um político da gente Domícia da República Romana, eleito cônsul em 332 a.C. com Aulo Cornélio Cosso. Cneu Domício Calvino Máximo, cônsul em 283 a.C., era seu filho.

Consulado (332 a.C.)[editar | editar código-fonte]

Cneu Domício foi eleito cônsul em 332 a.C.[1] com Aulo Cornélio Cosso. Num período de paz por toda parte, notícias de uma guerra travada pelos gauleses provocou pânico e induziu a eleição de um ditador, Marco Papírio Crasso.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Cônsul da República Romana
SPQR.svg
Precedido por:
'Publio Cornelio Rufino
(Primeiro ano ditatorial)

'
Cneu Domício Calvino
332 a.C.

com Aulo Cornélio Cosso Arvina II

Sucedido por:
'Caio Valério Potito Flaco

com Marco Cláudio Marcelo


Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • T. Robert S., Broughton (1951). «XV». The Magistrates of the Roman Republic. Volume I, 509 B.C. - 100 B.C. (em inglês). I. Nova Iorque: The American Philological Association. 578 páginas