Coca (náutica)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Um coca alemã.
Representação de uma coca na fachada da Sé do Porto.

Coca (em alemão: kogge) era um barco vulgar na Europa entre os séculos XIII e XV. Era o principal tipo de navio da Liga Hanseática. [1] [2]
Inicialmente com um mastro, foi mais tarde equipado com dois ou três mastros. Possuia vela quadrada. Parece ser o primeiro tipo de navio com leme axial.[3] [4]

Segundo a opinião de alguns investigadores, era destinada ao transporte de passageiros em percursos fluviais, e, segundo outros, era uma embarcação de carga e porte médio, de origem nórdica. O barco foi pela primeira vez mencionado em 948, em Muiden, próximo de Amesterdão. As primeiras embarcações desse tipo foram influenciadas pela Knarr (ou Knorr), uma embarcação viking usada para transporte de cargas.

Segundo documentos portugueses referentes ao movimento de barcos estrangeiros em portos nacionais, é na última acepção que aparecem referenciados. No convénio com o duque de Génova, assinado em 1370, o coca aparece confundido com uma carraca; em 1297 é também referido uma coca entre os barcos dos mercadores do Norte de Espanha que em Lisboa provocam um motim.

Referências

  1. Miranda, Ulrika Junker; Anne Hallberg (2007). «Kogg». Bonniers uppslagsbok (em sueco) (Estocolmo: Albert Bonniers Förlag). p. 500. ISBN 91-0-011462-6. 
  2. «Segelsjöfart» (em sueco). Unga Fakta. Consultado em 17 de abril de 2016. 
  3. Christer Westerdahl. «Innovationer II. Segelskepp» (PDF) (em sueco). Marinarkeologisk Tidskrift 2-99. Consultado em 17 de abril de 2016. 
  4. «Kogg» (em sueco). Nationalencyklopedin - Enciclopédia Nacional Sueca. Consultado em 17 de abril de 2016. 
Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um(a) historiador(a) é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.