Cocker spaniel inglês

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Cocker Spaniel Inglês)
Ir para: navegação, pesquisa
Cocker spaniel inglês
Nome original English Cocker Spaniel
País de origem  Reino Unido
Características
Classificação e padrões
Federação Cinológica Internacional
Grupo 8 - Cães levantadores e cobradores de caça e cães de água
Seção 2 - Levantadores de caça
Estalão #5 - 29 de outubro de 2003

O cocker spaniel inglês[Nota] (em inglês: English Cocker Spaniel) é uma raça de cão de porte médio. Apesar do nome, seu surgimento deu-se na Espanha, local onde auxiliava caçadores em florestas ou pântanos, servindo como cão de aponte para caça de aves selvagens. Chegados à Inglaterra e ao País de Gales, foram usados até 1800 para caçar galinholas. Ali, passaram a serem chamados de cocker spaniel - a origem do inglês moderno.[1] Apesar de haver achados de pinturas representando animais de Filipe II da Macedónia parecidos com estes cães, acredita-se em três hipóteses: surgiram na Espanha; foram criados por John Dudley, Duque de Northumberland, para o Rei Henrique VIII; ou apareceram em 1570, no livro de John Caius, que descreveu 22 raças, colocando-os como usados na falcoaria. A partir do século XVII, o desenvolvimento destes cockers seguiu uma linha mais clara. Primeiramente pela palavra spainel ter sido aceita, em particular na Inglaterra, onde foi considerado raça especificamente inglesa.[2]

Cocker Spaniel inglês

Conhecido por ser um dos favoritos cães de estimação no mundo, é geralmente escolhido devido a sua aparência - de cabeça arredondada, orelhas grandes, moles e caídas e os olhos redondos, que personificam companheirismo - e pelagem, farta e existente em mais trinta combinações de cores.[1]

Ainda criados para o trabalho, cujos exemplares são fisicamente diferentes - corpo mais curto, orelhas menos oscilantes e o desejo pelo trabalho -, são ainda usados em exposições de raças. Modernamente, ser um cão para surdos é uma de suas principais funções enquanto trabalhador. Um dos mais populares cockers, também é prejudicado por cruzamentos indiscriminados: apresenta aumento de problemas cutâneos e oculares, hipertireodismo, câncer e cardiopatias, além dos comportamentais.[1] Além de todos os cuidados habituais que se deve ter com um animal de estimação - alimentação, higiene e saúde -, o cocker requer particular atenção com suas orelhas: grandes e com pelagem abundante, entram nas vasilhas d'água, o que gera otite e odor forte.[3]

Cão ativo, que pode chegar aos 15 kg, tem seu adestramento classificado como fácil e a predileção por nadar. Na cultura humana, Flush, que pertenceu a poeta Elizabeth Barrett, atingiu popularidade e fama devido a biografia escrita pela autora Virginia Woolf. Nela, Woolf conta a visão do cão sobre o caso de amor entre Barrett e Robert Browning, para quem entregava as cartas de amor de sua dona e de quem levava as correspondentes.[1]

História[editar | editar código-fonte]

Era reconhecida como raça pelo século de XIX, embora sua herança volta para alguns milhares de anos antes disso do spaniel original. O nome vem de "espaigneul" velho francês que ele/ela meios "cachorro espanhol" em referência para o país donde os cachorros originais (uma raça de caçadores de cachorros e coletores de caça) vieram. O spaniel chegou na Inglaterra com os donos espanhóis deles/delas e mais tarde algumas cópias eram vendidas ou eles deram como presente aos aristocratas ingleses os usar nas propriedades deles/delas. É refletido o aumento de sua popularidade nas numerosas referências da literatura inglesa, eu como por exemplo em trabalhos de Chaucer (XIV S) e de Shakespeare (XVI S). Durante aquele período, o spaniel de raça foi usado para designar a um certo tipo de cachorro de caça. Com o tempo surgiram as diferenças seguintes:

  • Spaniel de água: carregue os pássaros de
  • Spaniel de terra de água, esses que em troca eram dividido em dois mais tipos:
  • Cachorros de amostra: que mostrou para a presa ao
  • Elevador de presa de dono deles/delas: que ergueu os pássaros aos caçadores

Referências

  1. a b c d Fogle (2009), págs 150 e 151
  2. «EXPLANAÇÕES SOBRE A RAÇA». Web Animal. Consultado em 29 de outubro de 2010. 
  3. Pittman, Addi. «Health Concerns Found in Purebred Dogs» (em inglês). English Cocker Spaniel Club of America Inc. Consultado em 29 de outubro de 2010. 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre English Cocker Spaniel
Ícone de esboço Este artigo sobre cães, integrado ao Projeto Cães é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.