Comancheria

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Comancheria (1740-1850)

Comancheria é a região do continente norte-americano ocupada no passado pelas tribos indígenas dos Comanches, antes da invasão dos anglo-americanos. A área não foi claramente definida na época da dominação Comanche mas geralmente é descrita como fronteiriça ao sul com a Falha de Balcones, ao norte com San Antonio, Texas e mais além, chegando a Cross Timbers e até à área ao nordeste que inclui o Rio Cimarron (afluente do rio Arkansas) e as cabeceiras do Rio Arkansas ao leste, até às Montanhas Rochosas. Do lado Oeste, a fronteira é com as Escarpas Mescalero e o Rio Pecos, continuando até aos limites da colonização espanhola em Santa Fé, Novo México.[1]

Antes da expansão Comanche até as proximidades do Wyoming, no início do século XVIII, as terras da Comancheria foram o lar de numerosas tribos de índios — sendo a maioria tribos de Apaches. Grande parte dessa região chegou a ser chamada de Apacheria.[2]

Geografia[editar | editar código-fonte]

Grandes Planícies (em verde) cruzada pela linha meridiana da longitude 100º (em vermelho)

A característica geográfica da região é ser uma fronteira natural entre as pradarias de clima temperado de Blackland e os vales dos rios no Leste e as Grandes Planícies no Oeste. As fazendas e assentamentos nas férteis terras dessa linha natural foram alvos dos Comanches que usavam os muitos rios e desfiladeiros para escaparem e cruzarem a área do Oeste ao Leste.

Em 1837, houve a negociação de um tratado de paz entre os Comanches e a nova República do Texas, que não foi aprovado quando o Congresso do Texas recusou demarcar oficialmente as fronteiras do sudeste e do leste da Comancheria. Os republicanos garantiram em lei a negação de qualquer direito sobre as terras do Texas, a qualquer representação que não fosse dos próprios cidadãos texanos. Isso levou a que os Comanches fossem empurrados cada vez mais para o leste do Texas.

Atualmente, essa região pertence ao Texas Ocidental, Llano Estacado, Texas Panhandle e Planalto de Edwards (incluindo o chamado Texas Hill Country), Novo México Oriental, Oklahoma Panhandle, Montanhas Wichita e pequenas porções do Colorado e Kansas.

Referências

  1. Hämäläinen, Pekka (2008). The Comanche Empire. [S.l.]: Yale University Press. p. 63. ISBN 978-0-300-12654-9 
  2. Hämäläinen, Pekka (2008). The Comanche Empire. [S.l.]: Yale University Press. pp. 20–29. ISBN 978-0-300-12654-9