Complexo desmantelado da Serra do Cume

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Serra do Cume, Terceira
Serra do Cume, vertente Leste.
Serra do Cume: ao fundo a baía da Praia da Vitória.

O Complexo desmantelado da Serra do Cume é uma antiga formação vulcânica localizada no concelho da Praia da Vitória, na ilha Terceira, nos Açores. Esta serra representa os restos desmantelados de um dos maiores vulcões do arquipélago.

Trata-se de um estratovulcão, com uma caldeira com um diâmetro aproximado de 7 quilómetros em linha reta. Eleva-se a 500 metros acima do nível do mar, dando-nos, do alto do seu miradouro, de um lado uma panorâmica da cidade e da baía da Praia da Vitória, e do outro as vastas planícies, que desde a Serra da Ribeirinha, a outra borda da cratera, se estendem pela planura da achada. Esta planície transformou-se na maior bacia produtora de leite da ilha, uma vez que as pastagens, além de férteis, são bem providas pela água que provém da serra.

Manta de Retalhos
Manta de Retalhos

Durante a Segunda Guerra Mundial o alto da serra serviu de ponto de controlo militar. O complexo militar, atualmente abandonado, estende-se subterraneamente por diversos pavimentos.

Ver também[editar | editar código-fonte]