Conde da Barca

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Conde da Barca foi um título criado por decreto de 27 de Dezembro de 1815, da rainha D. Maria I de Portugal, a favor de António de Araújo e Azevedo, um diplomata, cientista e político.

Detentores do título[editar | editar código-fonte]

  1. António de Araújo e Azevedo, 1.º conde da Barca [1]
  2. José Pedro Cyrne de Araújo de Azevedo Pimenta da Gama, 2.º conde da Barca.

Após a implementação da República e o fim do sistema nobiliárquico, tornou-se pretendente ao título Maria da Assunção da Cunha e Meneses Pimenta da Gama.

Referências

  1. «António de Araújo de Azevedo - Conde da Barca - Arquivo Distrital de Braga - Archeevo». pesquisa.adb.uminho.pt. Consultado em 28 de novembro de 2018