Congresso das Sumidades Carnavalescas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

O Congresso das Sumidades Carnavalescas (ou Congresso das Summidades Carnavalescas, na grafia da época) foi um clube de fins carnavalescos, também considerado a primeira sociedade carnavalesca do Brasil. Seu desfile inaugural deu-se em 1855[1], com membros da alta sociedade brasileira vestidos de cossacos da Ucrânia, clarins escoceses, Dom Quixote, mandarins, nobres do Cáucaso, Fernando, o Católico, entre outras luxuosas fantasias de inspiração europeia.

O escritor José de Alencar, então com 26 anos, foi um de seus sócios-fundadores. Apesar de ser considerada como a primeira sociedade, sabe-se da existência, em 1855, no Rio de Janeiro, de outro grupo similar intitulado Sociedade Veneziana.

O Congresso das Sumidades Carnavalescas, abriu caminho para o surgimento de outras sociedades carnavalescas.

Referências

  1. Nelson da Nóbrega Fernandes (2003). «Escolas de Samba: Sujeitos Celebrantes e Objetos Celebrados». p. 14. Consultado em 22 de março de 2014. Cópia arquivada (PDF) em 8 de outubro de 2006