Convenção Secreta sobre a Transferência da Monarquia Portuguesa para o Brasil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Convenção Secreta sobre a Transferência da Monarquia Portuguesa para o Brasil foi um tratado internacional celebrado entre Portugal e Grã-Bretanha em 22 de outubro de 1807, também denominado "Convenção secreta sobre a transferência para o Brasil da sede da Monarquia Portuguesa, e ocupação temporária da Ilha da Madeira por tropas britânicas"[1]. Sua assinatura, em Londres, se deu no contexto das Invasões Francesas, mais especificamente, foi celebrado alguns dias antes da primeira invasão, quando as tropas napoleônicas já se aproximavam das fronteiras portuguesas através do território espanhol. Posteriormente, a pretensão portuguesa concretizou-se com o apoio naval britânico durante a transferência da corte portuguesa para o Brasil, assim como Portugal correspondeu aos anseios britânicos de abertura dos portos brasileiros a suas mercadorias.

Referências


Ícone de esboço Este artigo sobre História de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.