Copa Libertadores de Futsal Feminino

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Copa Libertadores de Futsal Feminino
CONMEBOL Libertadores Futsal Femenino
Copa-Libertadores-Futsal-Femenino.png
Logotipo atual
Dados gerais
Organização CONMEBOL
Edições 6
Local de disputa Flags of South American Conmebol Members.gif América do Sul
Número de equipes 10
Sistema Grupos e Eliminatórias
Soccerball current event.svg Edição atual
editar

A Copa Libertadores de Futsal Feminino, cujo nome oficial atual é CONMEBOL Libertadores Futsal Femenino é um torneio internacional de futsal feminino organizado pela Confederação Sul-Americana de Futebol. É a competição mais prestigiosa e importante a nível de clubes de futsal da América. A primeira edição foi disputada em 2013 no Chile e teve como campeão a Female/Unochapecó do Brasil.

Formato[editar | editar código-fonte]

A competição sul-americana de futsal feminino é realizada em torneio único assim como a masculina, contando com apenas um representante de cada país. O formato do torneio é também semelhante ao masculino: são formados dois grupos, onde os dois melhores de cada grupo se enfrentavam nas semifinais e o vencedor de cada jogo disputa a final da copa.

Campeões[editar | editar código-fonte]

Ano Sede Final Semifinalistas
Campeão Placar Vice Terceiro lugar Placar Quarto lugar
2013
Detalhes
Chile Chile Brasil
Unochapecó
5 – 1[1] Argentina
San Lorenzo
Chile
Santiago Morning
3 – 2 Uruguai
Bella Vista
2014 Não disputado
2015
Detalhes
Chile Chile Brasil
Barateiro
11 – 0[2] Chile
Santiago Morning
Argentina
San Lorenzo
1 – 0 Argentina
Kimberley
2016
Detalhes
Chile Chile Brasil
Barateiro
7 – 2[3] Venezuela
Estudiantes de Guárico
Uruguai
Río Negro City
6 – 4 Argentina
San Lorenzo
2017
Detalhes
Paraguai Paraguai Brasil
Unochapecó
4 – 2[4] Paraguai
Sport Colonial
Venezuela
Trujillanos
4 – 0 Chile
Palestino
2018
Detalhes
Paraguai Paraguai Brasil
Leoas da Serra
4 – 0[5] Paraguai
Sport Colonial
Argentina
San Lorenzo
2 – 2
2 – 0 (pen)
Colômbia
Lyon
2019
Detalhes
Brasil Brasil Brasil
Cianorte
2 – 0 Colômbia
Independiente
Argentina
Kimberley
4 – 2 Uruguai
Peñarol

Títulos por equipe[editar | editar código-fonte]

Clube País Títulos Vices Aproveitamento em finais
Unochapecó  Brasil 2 (2013 e 2017) 0 100%
Barateiro  Brasil 2 (2015 e 2016) 0 100%
Leoas da Serra  Brasil 1 (2018) 0 100%
Cianorte  Brasil 1 (2019) 0 100%
Sport Colonial  Paraguai 0 2 (2017 e 2018) 0%
Estudiantes de Guárico  Venezuela 0 1 (2016) 0%
Santiago Morning  Chile 0 1 (2015) 0%
San Lorenzo  Argentina 0 1 (2013) 0%
Independiente  Colômbia 0 1 (2019) 0%

Total de títulos por país[editar | editar código-fonte]

País Títulos Vices Aproveitamento em finais
Brasil Brasil 6 0 100%
Paraguai Paraguai 0 2 0%
Venezuela Venezuela 0 1 0%
Chile Chile 0 1 0%
Argentina Argentina 0 1 0%
Colômbia Colômbia 0 1 0%

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «El Futsal Femenino, subcampeón en el Sudamericano de Chile». sanlorenzo.com.ar. 10 de fevereiro de 2013. Consultado em 26 de novembro de 2013 
  2. «Barateiro de Brasil se consagró campeón de la Copa Libertadores Femenina de Futsal» (em espanhol). CONMEBOL.com. 13 de Setembro de 2015 
  3. «Barateiro Ganó la 2ª Libertadores de Futsal Femenino» (em espanhol). radionuevomundo.cl. 29 de agosto de 2016. Consultado em 9 de janeiro de 2017. Arquivado do original em 1 de janeiro de 2017 
  4. «Barateiro de Brasil se consagró campeón de la Copa Libertadores Femenina de Futsal» (em espanhol). CONMEBOL.com. 13 de setembro de 2015 
  5. «Leoas da Serra vence equipe paraguaia na final e conquista a Libertadores Feminina». Globo Esporte.com. 14 de Outubro de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]