Corucão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Como ler uma infocaixa de taxonomiaCorucão
Voando
Voando
Estado de conservação
Espécie pouco preocupante
Pouco preocupante
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Caprimulgiformes
Família: Caprimulgidae
Género: Chordeiles
Espécie: C. nacunda
Nome binomial
Chordeiles nacunda
(Vieillot, 1817)
Sinónimos
Podager nacunda

O corucão (Chordeiles nacunda) é uma ave caprimulgiforme da família dos caprimulgídeos, que habita os cerrados da Venezuela e Colômbia até a Bolívia e Argentina, bem como todo o Brasil. Tais aves chegam a medir até 29,5 cm de comprimento e 71 cm de envergadura, possuindo ainda uma plumagem marrom-escura com branco na garganta, ventre e asas. Também são conhecidas pelos nomes de sebastião, tabaco-bom e tiom-tiom.

Taxonomia[editar | editar código-fonte]

A espécie foi anteriormente colocada no gênero monotípico Podager, mas foi reclassificada no gênero Chordeiles em 2011.[1] O antigo nome genérico podager origina-se do latim que significa "um homem que sofre de gota" e reflete a maneira estranha de andar dessa ave. O nome específico nacunda é derivado da palavra guarani para "boca grande".[2]

Subespécies[editar | editar código-fonte]

São reconhecidas duas subespécies:[3]

  • Chordeiles nacunda nacunda, corucão-grande (Vieillot, 1817) - ocorre no leste do Peru e no Brasil, do sul do Amazonas até o Paraguai e na região central da Argentina;
  • Chordeiles nacunda minor, corucão-pequeno (Cory, 1915) - ocorre da Colômbia até a Venezuela; na Ilha de Trindade; nas Guianas e no norte do Brasil.

Descrição[editar | editar código-fonte]

O corucão não é apenas o maior dos bacuraus do Neotrópico, é uma das maiores espécies de bacurau do mundo. Seu comprimento, de 27.5 a 32 centímetros, é um pouco menos do que o noitibó-orelhudo (Lyncornis macrotis), que normalmente é considerado a maior espécie da família, mas o corucão pode, na verdade, pesar um pouco mais em média.[4] Medidas de seis espécimes de corucão encontraram uma média de 159 gramas de massa corporal, com intervalo de 130 a 188 gramas.[5] Seu tamanho muito grande, cabeça grande e corpo pálido com primários pretos altamente contrastantes tornam o corucão fácil de identificar.[6]

Esta espécie se destaca por seus hábitos parcialmente diurnos. Embora seja um forrageador aéreo capaz, o corucão passa uma quantidade considerável de tempo no solo; tem tarsos notavelmente longos para um noitibó e é mais provável do que outras espécies serem vistos em pé no chão, em vez de repousar na superfície.[6]

Referências

  1. «Frogmouths, Oilbird, potoos & nightjars – IOC World Bird List». www.worldbirdnames.org (em inglês). Consultado em 8 de junho de 2017 
  2. Sclater, Philip (1889). Argentine Ornithology: A Descriptive Catalogue of the Birds of the Argentine Republic. [S.l.]: R. H. Porter 
  3. «corucão (Podager nacunda) | WikiAves - A Enciclopédia das Aves do Brasil». www.wikiaves.com.br. Consultado em 20 de setembro de 2021 
  4. Del Hoyo, J.; Elliot, A.; Sargatal, J. (1992). Handbook of the Birds of the World. Barcelona: Lynx Editions 
  5. Dunning Jr., ed. (2008). CRC Handbook of Avian Body Masses 2nd ed. [S.l.]: CRC Press. ISBN 978-1-4200-6444-5 
  6. a b «Neotropical Birds». Cornell Labs. Consultado em 21 de julho de 2018 


Ligaçôes externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Corucão
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Corucão
Ícone de esboço Este artigo sobre Aves, integrado ao Projeto Aves, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.