Courbevoie

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Courbevoie
Cais do Sena em Courbevoie, 2007
Cais do Sena em Courbevoie, 2007
Brasão de armas de Courbevoie
Brasão de armas
Courbevoie está localizado em: França
Courbevoie
Localização de Courbevoie na França
Coordenadas 48° 53' 52" N 2° 15' 11" E
País  França
Região Blason France moderne.svg Ilha de França
Departamento Blason département fr Hauts-de-Seine.svg Altos do Sena
Administração
 - Prefeito Jacques Kossowski
Área
 - Total 4,17 km²
Altitude máxima 56 m
Altitude mínima 25 m
População (2010) [1]
 - Total 87 469
    • Densidade 20 975,8 hab./km²
Gentílico Courbevoisiens
Código Postal 92400
Código INSEE 92026
Sítio ville-courbevoie.fr

Courbevoie é uma comuna francesa na região administrativa da Ilha de França, no departamento de Hauts-de-Seine. Estende-se por uma área de 4,17 km², com aproximadamente 85.000 habitantes, segundo o censo de 2008, e densidade demográfica de 20.397 hab/km².

O bairro de La Défense, principal distrito empresarial da aglomeração parisiense, estende-se em parte sobre Courbevoie (sendo o restante partilhado entre as comunas de Puteaux e Nanterre).

Toponímia[editar | editar código-fonte]

História[editar | editar código-fonte]

Antiguidade[editar | editar código-fonte]

Inicialmente, Courbevoie era uma pequena aldeia de pescadores e viticultores[2].

Idade Média[editar | editar código-fonte]

No século VIII, a vila dependia da Abadia de Saint-Wandrille (no Sena Marítimo, perto de Caudebec-en-Caux); depois passou sob a autoridade do abade de Saint-Denis no século XII.

Em meados do século XII, os Courbevoisiens conquistam a liberdade de vender de forma livre seus produtos, sem impecílio[3]. No entanto, a vila dependeu da paróquia de Colombes até 1787.

Época moderna[editar | editar código-fonte]

Em 1606, enquanto que o Rei Henrique IV e a Rainha Maria de Médici estavam retornando de Saint-Germain-en-Laye, emprestaram a balsa para atravessar o Sena para voltar a Paris. A carruagem real caiu na água. Após este "naufrágio" Henrique IV encarregou Sully para construir uma ponte no local do atual Ponte de Neuilly. A ponte inicialmente de madeira foi reconstruída em pedra no século XVIII por Jean-Rodolphe Perronet, engenheiro do rei. Em 1938, foi substituída por uma ponte metálica concluída em 1946.

Antes da Revolução Francesa, existia em Courbevoie um convento dito dos Penitentes, fundado em 1658 por Jean-Baptiste Forne.

Época contemporânea[editar | editar código-fonte]

Nascimento de uma cidade[editar | editar código-fonte]

Havia um castelo e um quartel (caserne Charras) construído sob Luís XV para receber as Guardas suíças[4]. Em 1814, o governo provisório foi estabelecido no quartel de Courbevoie um hospital militar destinados aos feridos das Forças Aliadas.

É por esta ponte que passou em 14 de dezembro de 1840 a procissão trazendo as cinzas de Napoleão desde Santa Helena até os Invalides. Além disso, até 1914, um bonde a vapor passou pela ponte.

Até meados do século XVIII, Courbevoie era uma vila de algumas centenas de habitantes. No final da década de 1730, Courbevoie tornou-se uma cidade de guarnição. A vila viu então sua população dobrar. Operários, arquitetos e muitos pequenos empresários aí se estabeleceram. Ao mesmo tempo, até o final do século XIX, o cultivo de vinhas continuou sendo uma atividade importante de Courbevoie.

Cidade industrial[editar | editar código-fonte]

A cidade adquire sua autonomia em 1790 e se torna uma cidade-sede de cantão em 1829. Enquanto Courbevoie tinha menos de 1 500 habitantes no final do século XIX, a população aumentaria muito rapidamente no próximo século, chegando a 25 000 habitantes no final do século XIX devido ao desenvolvimento do artesanato, da indústria e dos meios de transporte (incluindo a ferrovia).

Durante o século XX, a Primeira e Segunda Guerra Mundial irão profundamente marcar a cidade que teve importantes danos e muitas vítimas devido ao bombardeio.

Após a guerra, com o desenvolvimento do bairro de La Défense, a atividade econômica de Courbevoie aumentou significativamente. Ao mesmo tempo, uma vasta operação de planejamento urbano está em andamento para transformar a cidade nos bairros modernos com inúmeras habitações, lojas, instalações públicas, infraestruturas esportivas e culturais.

Modernização[editar | editar código-fonte]

Pouco depois da sua industrialização, Courbevoie passa a um status de cidade de vocação terciário. Em 1958, o EPAD foi criado com a missão de desenvolver o sítio de La Défense. O estabelecimento se fundiu com a EPASA em 2010, para tornar a EPADESA o primeiro bairro de negócios europeu antes de Londres e Frankfurt[5], este território estratégico para a economia nacional está localizado nos territórios de Courbevoie, Nanterre e Puteaux[6].

No final de 2010, a Cidade estava desenvolvendo um projeto de remodelação das margens do Sena na altura do bairro de La Défense, resultando na cobertura da Route Départementale 7 sobre os cais do Sena[7].

Courbevoie vista de La Garenne-Colombes.

Demografia[editar | editar código-fonte]

Evolução demográfica
(Fonte : Base Cassini[8] e INSEE[9])
1793 1800 1806 1821 1831 1836 1841 1846 1851
1 400 1 316 1 500 1 372 1 923 2 488 2 763 3 768 4 302
1856 1861 1866 1872 1876 1881 1886 1891 1896
5 548 10 553 9 862 13 288 11 934 15 112 15 937 17 597 20 105
1901 1906 1911 1921 1926 1931 1936 1946 1954
25 330 31 191 38 138 46 053 48 888 54 185 58 638 55 080 59 730
1962 1968 1975 1982 1990 1999 2005 2006 2008
59 491 58 118 54 488 59 830 65 389 69 694 84 000 84 415 85 054

Para os censos a partir de 1962, a população legal corresponde à população sem duplicidades, segundo define o INSEE.


Cultura e patrimônio[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Populations légales des communes en vigueur au 1er janvier 2013». www.insee.fr (em francês). INSEE. Dezembro de 2012. Consultado em 3 de abril de 2013. 
  2. [S.l.: s.n.] 1 de janeiro de 1997. ISBN 2842530969  Parâmetro desconhecido |éditeur= ignorado (|editor=) sugerido (ajuda); Parâmetro desconhecido |consulté le= ignorado (|acessodata=) sugerido (ajuda); Parâmetro desconhecido |nom1= ignorado (|nome=) sugerido (ajuda); Parâmetro desconhecido |langue= ignorado (|lingua=) sugerido (ajuda); Parâmetro desconhecido |prénom1= ignorado (ajuda); Parâmetro desconhecido |titre= ignorado (|titulo=) sugerido (ajuda); Parâmetro desconhecido |présentation en ligne= ignorado (ajuda); |isbn2= e |isbn= redundantes (ajuda); Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  3. http://www.ville-courbevoie.fr/vivre-a-courbevoie/cadre-de-vie/histoire-et-patrimoine/lhistoire-de-courbevoie.htm
  4. A Caserne Charras, onde está atualmente localizado o centro Charras.
  5. http://www.ville-courbevoie.fr/vivre-a-courbevoie/economie/la-defense.htm
  6. [http://web.archive.org/web/*/http://www.hauts-de-seine.net/Ressources/pdf/1-cadredevie/projetcouverturerd7.pdf [ligação inativa]].
  7. [http://web.archive.org/web/*/http://www.hauts-de-seine.net/Ressources/pdf/1-cadredevie/projetcouverturerd7.pdf [ligação inativa]].
  8. Des villages de Cassini aux communes d'aujourd'hui , no site da EHESS, para os dados até 1962: Courbevoie - Fiche communale.
  9. INSEE: dados a partir de 1968.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da França é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.