Crioterapia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Câmara de crioterapia a -110°C
Pacientes de crioterapia durante a preparação para o tratamento 3 minutes

Crioterapia é um grupo de diversas técnicas e procedimentos na Fisioterapia no qual se aplica baixas temperaturas em regiões locais ou gerais do corpo.

Knight define crioterapia como "terapia com frio" a aplicação terapêutica de qualquer substância ao corpo que resulte em remoção do calor corporal, diminuindo, assim a temperatura dos tecidos. Ela abrange uma grande quantidade de técnicas específicas que utiliza o frio na forma, liquida (água), sólida (gelo) e gasosa (gases) com o propósito terapêutico de retirar o calor do corpo industralizado a um estado de hipotermia, para favorecer uma redução da taxa metabólica local, promovendo uma diminuição das necessidades de oxigênio pela célula. Para que seja atingido o resfriamento muscular em indivíduos magros, necessita-se de um tempo curto, sendo que em obesos o período de aplicação deve se prolongar. Isso implica que o tecido adiposo serve como isolante térmico dificultando o resfriado do mesmo.

É aplicada ao corpo através de métodos como: spray (todos os tipos), cubos de gelo, compressas, criomassagens,crioalongamento, criocinética, aparelhos dentais e imersão.

Crioterapia é uma técnica utilizada para destruição de lesoes dos orgãos e da pele, sejam elas benignas ou não, pré-malignas e malignas, através de congelamento. A destruição ocorre por formação de cristais de gelo intra e extracelular levando a uma série com reações como alterações osmóticas, dano às membranas celulares e à microcirculação da pele.

Criocirurgia é o termo mais atual quando se usa uma substância refrigerante, como o nitrogênio líquido o qual é aplicado por meio de pistola spray.

Veja também[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • KNIGHT, K. L. Crioterapia no Tratamento das Lesões Esportivas. São Paulo: Manole, 2000.
  • ANDREWS; HARRELSON; WILK. Reabilitação Física das Lesões Desportivas. 2. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2000.
  • MYRER, J.W. et. al. Muscle temperature is affected by overlying adipose when cryoterapy is administred. J Athl Train 2001;36(1):32-36.
  • COLLINS, K. Efeitos térmicos. In: KITCHEN, S.; BAZIN, S. Eletroterapia de Clayton. 10. ed. São Paulo: Manole, 1998.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Medicina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.