Cristiano de Saxe-Eisenberg

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde julho de 2016). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Cristiano de Saxe-Eisenberg
Duque de Saxe-Eisenberg
Duque de Saxe-Eisenberg
Período 1675–1707
Antecessor(a) Ernesto I de Saxe-Gota
Sucessor(a) Disputado
 
Cônjuge Cristiana de Saxe-Merseburgo
Sofia Maria de Hesse-Darmstadt
Descendência Cristiana de Saxe-Eisenberg
Nascimento 6 de janeiro de 1653
  Gota, Saxe-Gota, Sacro Império Romano-Germânico
Morte 28 de abril de 1707 (54 anos)
  Eisenberg (Turíngia), Sacro Império Romano-Germânico
Pai Ernesto I de Saxe-Gota
Mãe Isabel Sofia de Saxe-Altemburgo

Cristiano de Saxe-Eisenberg (6 de janeiro de 1653 - 28 de abril de 1707) foi o único duque de Saxe-Eisenberg.

Família[editar | editar código-fonte]

Cristiano era o oitavo filho do duque Ernesto I de Saxe-Gota e da duquesa Isabel Sofia de Saxe-Altemburgo. Entre os seus irmãos estavam o duque Frederico I de Saxe-Gota-Altemburgo, o duque Alberto V de Saxe-Coburgo, o duque Bernardo I de Saxe-Meiningen, o duque Henrique de Saxe-Römhild, o duque Ernesto III de Saxe-Hildburghausen e o duque João Ernesto IV de Saxe-Coburgo-Saalfeld. Os seus avós paternos eram o duque João II de Saxe-Weimar e a princesa Doroteia Maria de Anhalt. Os seus avós maternos eram o duque João Filipe de Saxe-Altemburgo e a duquesa Isabel de Brunswick-Wolfenbüttel.

Vida[editar | editar código-fonte]

Cristiano viajou muito durante a sua juventude e interessava-se por História e Arte. Após a morte do seu pai em 1675, governou o estado de Saxe-Gota juntamente com os seus irmãos e estabeleceu-se em Eisenberg[desambiguação necessária] em 1677, construindo o Castelo de Christiansburg. Após o tratado de divisão do estado que fez com os irmãos em 1680, ficou com Eisenberg e as cidades de Ronneburg, Roda e Camburg. Durante os seus últimos anos de vida começou a interessar-se intensamente por alquimia.

Morreu com dividas consideráveis e, tal como os seus irmãos Alberto V de Saxe-Coburgo e Henrique de Saxe-Römhild, sem descendentes masculinos. As suas terras foram disputadas entre os seus irmãos e descendentes, chegando-se apenas a um acordo em 1735.

Casamentos e descendência[editar | editar código-fonte]

Cristiano casou-se primeiro no dia 13 de fevereiro de 1677 com a duquesa Cristiana de Saxe-Merseburgo, filha do duque Cristiano I de Saxe-Merseburgo. Juntos tiveram uma filha:

Após a morte de Cristiana, Cristiano voltou a casar-se, desta vez com a condessa Sofia Maria de Hesse-Darmstadt, no dia 9 de fevereiro de 1681 de quem não teve filhos.

Genealogia[editar | editar código-fonte]

Os antepassados de Cristiano de Saxe-Eisenberg em três gerações[1]
Cristiano de Saxe-Eisenberg Pai:
Ernesto I de Saxe-Gota
Avô paterno:
João II, Duque de Saxe-Weimar
Bisavô paterno:
João Guilherme, Duque de Saxe-Weimar
Bisavó paterna:
Doroteia Susana do Palatinado-Simmern
Avó paterna:
Doroteia Maria de Anhalt
Bisavô paterno:
Joaquim Ernesto, Príncipe de Anhalt
Bisavó paterna:
Leonor de Württemberg
Mãe:
Isabel Sofia de Saxe-Altemburgo
Avô materno:
Isabel de Brunswick-Wolfenbüttel
Bisavô materno:
Henrique Júlio de Brunswick-Wolfenbüttel
Bisavó materna:
Isabel da Dinamarca
Avó materna:
João Filipe de Saxe-Altemburgo
Bisavô materno:
Frederico Guilherme I de Saxe-Weimar
Bisavó materna:
Maria Ana de Neuburg

Referências

  1. The Peerage, consultado a 26 de Fevereiro de 2013