Cromeleque da Portela de Mogos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde Março de 2008).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Cromeleque da Portela de Mogos

O Cromeleque da Portela de Mogos ou Cromeleque da Portela de Modos é um Imóvel de Interesse Público (IIP). [1] Foi descoberto em 1966. E com este achado descobriu-se a existência de uma floresta aberta quercos, como os Anthoceros, Riccia, Compositae, e Cistus. A flora mantém-se actualmente.

Numa escavação mais recente (1995-1996) descobriram que pelo menos seis menires são de faces planas, talhadas depois de os terem erguido, pois encontravam-se pedaços de pedra de volta dos menires. Este conjunto de menires está disposto em forma de estrela.

Quatro destes seis menires apresentam inscrições, podendo ser facilmente observáveis motivos lunares e solares.


Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre Património de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Camera-photo.svg
Ajude a melhorar este artigo sobre Arquitetura ilustrando-o com uma imagem. Consulte Política de imagens e Como usar imagens.