Cronometragem

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox question.svg
Esta página ou seção carece de contexto (desde junho de 2011).

Este artigo (ou seção) não possui um contexto definido, ou seja, não explica de forma clara e dire(c)ta o tema que aborda. Se souber algo sobre o assunto edite a página/seção e explique de forma mais clara e objetiva o tema abordado.

Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde junho de 2011)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.

Definição[editar | editar código-fonte]

Cronometragem é a medição de um determinado período de tempo relativo a um acontecimento específico, utilizando-se um Cronômetro como dispositivo para mensuração manual ou dispositivos providos de sensores (responsáveis para acionar o início e o fim de uma ocorrência) e um relógio para mensuração automática desse Período.

A unidade de medida utilizada para medir o tempo pelo Sistema Internacional de Unidades é o Segundo (s), porém, na prática as necessidades específicas de cada cronometragem podem necessitar de maior ou menor precisão, para efeito de comparação. Nestes casos pode-se utilizar subdivisões do segundo (como o milésimo de segundo) para medições com maior precisão ou unidades acumulativas (como o minuto) para medições de menor precisão.

Por padrão, utiliza-se a Notação científica para expressar valores muito pequenos ou muito grandes, comparando-se apenas os algarismos significativos.

Na indústria[editar | editar código-fonte]

A cronometragem é usada na Indústria para obtenção do tempo padrão de modelos fabricados. A metodologia empregada na execução da cronometragem depende das técnicas de Cronoanálise atribuídas ao processo, onde são levados em conta Ritmo, fatores de fadiga e perdas, por exemplo.

Um momento específico da atividade é convencionado como início da medição e outro momento é convencionado como fim da atividade, cujo resultado gerado em função desse tempo transcorrido é um Produto do trabalho, assim designado operação.

Utilizar cronômetro com segundo centesimal apresenta facilidade para cálculos diretos por já estar no sistema decimal, base10 [1] .

No desporto[editar | editar código-fonte]

O desporto é uma das áreas que mais necessita de cronometragem, nomeadamente em modalidades como atletismo (de pista, estrada e corta-mato), ciclismo e a natação. Nestas áreas é usual existir cronometragem manual, em eventos de corrida de menor expressão, e cronometragem eletrónica, em grandes eventos de corrida ou de ciclismo e na grande maioria dos eventos de pista ou de piscina. A cronometragem eletrónica pode ser realizada com diferentes tipo de tecnologia, entre elas RF-ID, com chips ou transponders a serem colocados em zonas específicas do corpo do participante. [2]

História[editar | editar código-fonte]

Frederick Taylor, considerado o Pai da Administração Científica, foi um dos primeiros a utilizar técnicas de cronometragem em estudos de eficiência e eficácia operacional na administração industrial, seu foco.

Referências

  1. www.sp.senai.br/portal/vestuario/conteudo/cronometragem.pdf
  2. Lap2Go. Cronometragem eletrónica (em português).