Cryptostylidinae

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaCryptostylidinae
Cryptostylis subulata
Cryptostylis subulata
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Liliopsida
Ordem: Asparagales
Família: Orchidaceae
Subfamília: Orchidoideae
Tribo: Diurideae
Subtribo: Cryptostylidinae
Schltr. 1911
Género-tipo
Cryptostylis R.Br. 1810
Gêneros
2 gêneros, ver texto

Cryptostylidinae é uma subtribo de orquídeas classificada na tribo Diurideae, composta por espécies terrestres, distribuidas por praticamente todos os países do sudeste asiático e Oceania,[1] diversas em áreas restritas, dispersas por ambientes variados conforme a espécie. Entre as Diurideae, a subtribo Cryptostylidinae pode ser reconhecida facilmente por serem as únicas plantas cujas flores não ressupinam e tem o labelo fixo e imóvel.[2] Cryptostylidinae é composta por apenas vinte e quatro espécies, divididas por dois gêneros, um deles uni-específico. Cryptostylidinae está mais proximamente relacionadas às tribos Diuridineae e Thelymitrinae, do que às outras quatro tribos de Diuriedae.[3][4]

Além das caraterísticas já citadas, todas as espécies desta subtribo são plantas geófitas glabras; sem tubérculos, com longas raizes carnosas; com ou sem folhas as quais, quando presentes, são mais longas que largas, eretas, coriáceas e pecioladas; inflorescência racemosa, com flores de cores pouco vistosas, com sépalas e pétalas parecidas porém ligeiramente diferentes; labelo quase sempre muito mais largo que os outros segmentos, com lobo intermediário glabro ou pubescente; coluna curta e apoda com quatro polínias.[2]

Publicação e sinônimos[editar | editar código-fonte]

  • Cryptostylidinae Schlechter, Bot Jahrb. Syst., 45:381 (1911).
Tipo: Cryptostylis R.Br. (1810).

Gêneros[editar | editar código-fonte]

  • Coilochilus: raízes verrucosas, flores que medem menos de 2 mm, labelo de tamanho similar aos outros segmentos florais.
  • Cryptostylis: raízes glabras, flores que medem mais de 15 mm, labelo muito maior que os outros segmentos florais.

Referências

  1. R. Govaerts et al (2009). World Checklist of Orchidaceae. The Board of Trustees of the Royal Botanic Gardens, Kew. Publicado na Internet (em inglês)
  2. a b Jones, David: (2001) Cryptostylidinae em A. M. Pridgeon, P. J. Cribb, M. W. Chase, and F. N. Rasmussen eds., Genera Orchidacearum, vol. 2, Orchidoideae part 1. Oxford University Press, Oxford, UK ISBN 0198507100.
  3. Chase MW, Cameron KM, Barrett RL, Freudenstein JV. (2003) DNA data and Orchidaceae systematics: a new phylogenetic classification. In: Dixon KW, Kell SP, Barrett RL, Cribb PJ, editors. Orchid conservation. Kota Kinabalu: Natural History Publications; 2003. pp. 69–89.
  4. Kores PJ, Molvray M, Weston PH, et al. (2001) A phylogenetic analysis of Diurideae (Orchidaceae) based on plastid DNA sequence data. American Journal of Botany 88:1903–1914.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Cryptostylidinae
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Cryptostylidinae