Daniel Goleman

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Daniel Goleman
Daniel Goleman
Nascimento 7 de março de 1946 (77 anos)
 Estados Unidos
Género literário Psicologia

Daniel Goleman (7 de março de 1946) é um jornalista científico dos Estados Unidos. Por doze anos, escreveu para o The New York Times, principalmente sobre avanços nos estudos do cérebro e das ciências comportamentais.[1]

Escritor de renome internacional, psicólogo, jornalista da ciência e consultante incorporado. Ele é filho de um casal de professores universitários de Stockton, Califórnia, onde o seu pai ensinava literatura mundial no San Joaquin Delta College, enquanto sua mãe ensinava no departamento social, que é agora a University of the Pacific. Goleman recebeu o seu doutoramento em Harvard, onde também dava aulas.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Inteligência emocional (1995) (lançado em 1996 no Brasil pela Editora Objetiva)[2]
  • Trabalhar com inteligência emocional (2000)
  • Emoções que curam: conversas com o Dalai Lama sobre mente aberta, emoções e saúde (2000)
  • Emoções destrutivas e como dominá-las: um diálogo com o Dalai Lama (2005)
  • Inteligência social: a nova ciência das relações humanas (2006)
  • Eco inteligência (2009)
  • Foco: o motor oculto da excelência (2014)
  • Uma Força para o Bem (2015)
  • Vital lies, simple truth: the psychology of self deception
  • A arte da meditação
  • A mente meditativa

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Emotional Intelligence specialist Daniel Goleman teaches at PUCRS - PUCRS - English website» (em inglês). Consultado em 28 de fevereiro de 2024 
  2. «Sônia Abrão cita livro indicado por Gugu: "inteligente é lidar com emoções"». tvefamosos.uol.com.br. 27 de novembro de 2019. Consultado em 28 de fevereiro de 2024 
Wikiquote
Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Daniel Goleman

Ligações externas[editar | editar código-fonte]