Decêncio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Decêncio
Usurpador do Império Romano
Impero, decenzio, medaglione in bronzo (roma), 350-353.JPG
Moeda de Decêncio.
Reinado 35018 de agosto de 353 (como césar de Magnêncio)
Antecessor(a) Constante I
Sucessor(a) Constâncio II
Morte 18 de agosto de 353
  Sénonas

Magno Decêncio (em latim: Magnus Decentius) foi um usurpador romano contra o imperador Constâncio II. O estudioso americano Michael DiMaio afirma que ele pode ser um irmão de Magnêncio, que já havia se revoltado contra Constâncio em 18 de janeiro de 350.

Foi ele também que promoveu Decêncio à posição de césar no inverno do mesmo ano para supervisionar a defesa da Gália e da fronteira do Reno. Ele foi nomeado cônsul ordinário em 352 e, novamente, no ano seguinte com Magnêncio.

Quando Magnêncio foi derrotado por Constâncio na Batalha de Monte Selêuco e se matou, Decêncio, que liderava seus reforços, se enforcou em Sénonas.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Cargos políticos
Precedido por:
Magnêncio,
Gaiso
Post consulatum Sergii et Nigriniani (oriente)
Cônsul do Império Romano
352
com Paulo
Constâncio II V
Constâncio Galo
Sucedido por:
Magnêncio II,
Decêncio II,
Constâncio II VI,
Constâncio Galo II
Precedido por:
Decêncio,
Paulo, Constâncio II V, Constâncio Galo
Cônsul do Império Romano
353
com Magnêncio II
Sucedido por:
Constâncio II VII,
Constâncio Galo III

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Decêncio