Demografia da Líbia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Demografia da Líbia compreende todas as características demográficas da população deste país, incluindo densidade populacional, grupos étnicos, nível de educação, saúde da população, situação econômica, confissões religiosas e outros aspectos da população líbia.

Grupos étnicos e religiosos[editar | editar código-fonte]

Religião[editar | editar código-fonte]

Composição religiosa da Líbia*
Religião Porcentagem
Islã
  
97,3%
Cristianismo
  
0,7%
Outras
  
2,0%

A religião predominante na Líbia é o Islã com 97,3% da população que a professa em 2000.[1] A grande maioria dos muçulmanos neste país aderem ao Sunismo, que proporciona direção espiritual à população, e constitui uma pedra angular da política do governo; enquanto que uma minoria (entre 5% e 10%) aderem ao Ibadismo (um ramo do Carijitas), especialmente nos montes Nafusa e na cidade de Zuara, a oeste de Trípoli. Uma forma líbia do Sufismo também é comum em algumas partes do país.[2]

Grupos étnicos[editar | editar código-fonte]

Composição étnica da população líbia em 1974 (mapa CIA)
  tubus
  desabitado

Os líbios nativos são principalmente árabes ou uma mistura destes com etnias berberes. Entre os residentes estrangeiros, por outro lado, o maior grupo é composto por cidadãos de outros países africanos, incluindo os norte-africanos (especialmente egípcios) e africanos subsaarianos.[3] Em 2011, havia também uma estimativa de 60.000 bengalis, 30.000 chineses e 30.000 filipinos no país.[4]

A Líbia abriga um grande número de população ilegal que alcança mais do que um milhão de pessoas, a maioria egípcios e africanos, cuja origem é do sul do Saara.[5] A Líbia tem uma pequena minoria italiana; anteriormente, houve uma presença visível de colonos dessa nacionalidade, mas muitos partiram após a independência, em 1947, e muitos mais, em 1970, após a ascensão de Muammar Gaddafi ao poder.[6]

Grupos tribais[editar | editar código-fonte]

A sociedade líbia é amplamente estruturada em moldes tribais, com mais de 20 grandes grupos. Os principais são:[7]

Referências

  1. Adherents.com (ed.). «'42,000 religious geography and religion statistics', Libya"». Religious adherents by location (em inglês) 
  2. Arabic News, ed. (8 de julho de 2006). «Sufi Movement to be involved in Libya». Libya - Religion (em inglês) 
  3. AllBusiness.com, ed. (1 de novembro de 2000). «African immigrants flee Libya» (em inglês) 
  4. Bbc.co.uk, ed. (25 de fevereiro de 2011). «Libya protests: Evacuation plans of foreign governments» (em inglês) 
  5. Jawad, Rana (23 de janeiro de 2008). BBC News, ed. «Marching orders for migrants in Libya?» (em inglês) 
  6. Britannica.com (ed.). «Libya – Italian colonization» (em inglês) 
  7. Karam, Souhail; Hemming, Jon (2011). Reuters, ed. «Tribal ties key to Gaddafi rule» (em inglês) 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Demografia da Líbia