Deus é amor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Deus é amor é uma expressão contida na Primeira Epístola de João do Novo Testamento, no qual o evangelista João afirma que: "Deus é amor, e quem permanece no amor permanece em Deus e Deus nele"[1]. O mesmo evangelista define que o amor de Deus é cumprir os seus mandamentos[2] (I João 5:3), e, em seguida, apresenta o mandamento de Deus: “E o seu mandamento é este: que creiamos no nome de seu Filho Jesus Cristo” (I João 3:23).

A expressão dá título à encíclica papal Deus Caritas Est de Bento XVI, de 25 de dezembro de 2005.[3]

No Brasil, dá nome à igreja protestante pentecostal denominada Igreja Pentecostal Deus é Amor, fundada em 3 de julho de 1962, por David Miranda.[4]

A expressão tem largo uso no meio cristão, sendo por exemplo título de canções, como a gospel de Leonardo Gonçalves[5] ou hino da igreja católica.[6]

Referências

  1. I João 4:16
  2. Claudio Crispim (abril de 2016). «O amor de Deus». Estudos Bíblicos 
  3. Papa Bento XVI (25 de dezembro de 2005). «CARTA ENCÍCLICA DEUS CARITAS EST». Página oficial do Vaticano. Consultado em janeiro de 2012.  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  4. Institucional. «Histórico da IPDA». site oficial da IPDA. Consultado em janeiro de 2012.  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  5. Leonardo Gonçalves. «Deus é amor». Letras Terra. Consultado em janeiro de 2012.  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  6. D. Joel I. Catapan. Hora Santa Vocacional. [S.l.]: Edições Loyola. p. 7. ISBN 8515005441. Consultado em janeiro de 2012.  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
Ícone de esboço Este artigo sobre cristianismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.