Dia Mundial de Combate à Hepatite

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Dia Mundial de Combate à Hepatite
O logotipo do Dia Mundial de Combate à Hepatite é o símbolo global para incentivar a conscientização, ação e apoio para prevenir e tratar a hepatite viral.
Nome oficial Dia Mundial de Combate à Hepatite
Tipo Internacional
Data 28 de julho
Frequência anual

Dia Mundial de Combate à Hepatite é observado todos os anos em 28 de julho para informar e sensibilizar a comunidade global sobre a hepatite B e a hepatite C, encorajando prevenção, diagnóstico e tratamento.

Mais de 2 bilhões de pessoas já foram infetados com algum tipo de Hepatite. Aproximadamente 500 milhões de pessoas em todo o mundo vivem com hepatite B ou com hepatite C,[1] o que representa 1 em 12 pessoas. Esses números surpreendentes foram usados na campanha de 2008 para o Dia Mundial das Hepatites com o slogan Sou o número 12? Se não for tratada ou controlada a hepatite B ou a hepatite C podem levar a um estado avançado de danificação do fígado (cirrose) e outras complicações, incluindo câncer de fígado e insuficiência hepática. Embora muitas pessoas se preocupem mais com a AIDS do que com as hepatites, a realidade é que todos os anos 1,5 milhão de pessoas morrem ao redor do mundo devido à hepatite B e à hepatite C, o que representa um número superior as mortes por HIV/AIDS.[2] A Hepatite C apenas é 10x mais contagiosa que a AIDS. Considerando todos tipos de vírus, a Hepatite é atualmente a sétima maior causa de morte a nível mundial.[3]

O Dia Mundial de Combate à Hepatite tem sido liderado pela Aliança Mundial das Hepatites desde 2008 e em maio de 2010 a Organização Mundial da Saúde endossou oficialmente a data, que se tornou um de apenas 4 dias relacionados com doenças específicas e que tem um mandato da organização, juntamente com malária, tuberculose e HIV/AIDS.[4]

História[editar | editar código-fonte]

Inicialmente vários grupos de pacientes na Europa e no Oriente Médio se juntaram para celebrar o primeiro Dia internacional para a Conscientização da Hepatite C no dia 1 de outubro de 2004. No entanto, muitos grupos de pacientes continuaram celebrando dias 'nacionais da hepatite' em datas distintas.[5]

Em 2007 foi formada a Aliança Mundial das Hepatites, o que facilitou a aglomeração de grupos de pacientes que trabalham com hepatite B e com hepatite C em uma única organização e criando um peso politico maior para a causa das hepatites.[6]

Com o apoio desses grupos de pacientes ao redor do mundo foi criado o primeiro Dia Mundial das Hepatites no dia 19 de maio de 2008. O slogan escolhido para a campanha de 2008, ‘Sou o Número 12?’, faz referência as estimativas de que 1 em 12 pessoas no mundo vive com hepatite B ou hepatite C[6]. Este slogan foi traduzido para 40 línguas e foi usado em campanhas ao redor do mundo envolvendo pontos cartão-postal.[7]

‘Sou o Número 12?’ foi mantido como o slogan para a campanha de 2009 no dia Mundial das Hepatites e muitos membros da Aliança Mundial das Hepatites também utilizaram o tema das “12 Perguntas” com sugestões que deveriam estar presentes em políticas de saúde pública.[8]

Em 2010 o terceiro Dia Mundial das Hepatites teve um novo slogan, ‘Isto é a hepatite…’, focando em histórias de pessoas afetadas pelas hepatites virais.[9] Este tema foi mantido para a campanha de 2011.[10]

Em 2012 o slogan ‘Isto é a hepatite…’ foi atualizado para ‘Isto é a hepatite…Está mais perto do que você imagina’, que foca na prevalência das hepatites e alude ao fato de que 1 em 12 pessoas são afetadas pelas hepatites B e C.

Com a aprovação da resolução das hepatites virais[11] durante a 63º Assembleia Mundial da Saúde em 2010, o Dia Mundial das Hepatites foi reconhecido oficialmente por todos os países membros da Organização Mundial da Saúde e o dia foi transferido para 28 de julho. A nova data foi escolhida para honrar o aniversário do ganhador do prêmio Nobel, professor Baruch Samuel Blumberg, que descobriu o vírus da hepatite B.[12] A resolução determina que:

“1. 28 de julho seja designado como Dia Mundial das Hepatites com o objetivo de promover a educação e um maior entendimento das hepatites virais como um dos maiores problemas de saúde pública global e para estimular o fortalecimento de medidas de prevenção e controle nos países membros;” "[4]

Dia Mundial de Combate à Hepatite[editar | editar código-fonte]

O Dia Mundial de Combate à Hepatite proporciona uma oportunidade para concentrar esforços em ações para o fortalecimento da prevenção e controle das hepatites virais assim como de doenças relacionadas, estendendo os programas de vacinação para a hepatite B e integrando estes programas em políticas públicas de imunização. Além disso, o dia facilita a coordenação de uma resposta global contra as hepatites, estendendo o acesso ao tratamento.

As hepatites virais A, B, C, D e E podem causar infecção e inflamação aguda e/ou crônica do fígado e podem levar a cirrose e ao câncer de fígado. Estes vírus continuam a ser uma ameaça e são estimadas que 350 milhões de pessoas estejam infectadas com hepatite B crônica e 170 milhões de pessoas com hepatite C crônica.

O website da Aliança Mundial das Hepatites proporciona um espaço para todos que queiram participar das celebrações do Dia Mundial das Hepatites, oferecendo materiais de campanha e informação.

Temas[editar | editar código-fonte]

O Dia Mundial da Hepatite oferece uma oportunidade para se concentrar em ações como:[13]

  • Aumentar a conscientização sobre as diferentes formas de hepatite e como elas são transmitidas;
  • Fortalecer a prevenção, rastreamento e controle da hepatite viral e de doenças relacionadas;
  • Aumentar a cobertura e a integração de vacinas contra hepatite B nos programas nacionais de imunização; e
  • Coordenar uma resposta global à hepatite.

Cada ano se concentra em um tema específico. A lista de temas é a seguinte:

  • 2011: A hepatite afeta a todos, em todos os lugares. Conheça-a. Enfrente isso. Enfrente ela.
  • 2012: Está mais perto do que você pensa.
  • 2013: É preciso fazer mais para impedir esse assassino silencioso.
  • 2014: Hepatite: pense novamente.[14]
  • 2015: Prevenção de hepatites virais. Aja agora.[15]
  • 2016: Conheça a hepatite e aja agora.[16]
  • 2017: Eliminar a hepatite.[17]
  • 2018: Testar. Tratar. Hepatite.[18]
  • 2019: Invista na eliminação da hepatite.[19]
  • 2020: Um futuro livre de hepatite.[20]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Cópia arquivada». Consultado em 25 de julho de 2011. Arquivado do original em 26 de julho de 2011 
  2. «World Hepatitis Alliance Calls on Governments to Take Urgent Action to Tackle Chronic Viral Hepatitis B & C Epidemic; 2008» (PDF). World Hepatitis Day: Home Page (Nota de imprensa). World Hepatitis Alliance. Consultado em 18 de agosto de 2008 
  3. «Hepatite Zero - Hepatite Zero - Projeto mundial de erradicação». www.hepatitezero.com.br. Consultado em 27 de julho de 2017. Arquivado do original em 25 de julho de 2017 
  4. a b apps.who.int - pdf
  5. «Roche Pakistan to sponsor Hepatitis C awareness campaign». Asia Africa Intelligence Wire. 21 de outubro de 2004 
  6. «Cópia arquivada». Consultado em 7 de junho de 2012. Arquivado do original em 3 de junho de 2012 
  7. «Cópia arquivada». Consultado em 7 de junho de 2012. Arquivado do original em 31 de julho de 2012 
  8. «Cópia arquivada». Consultado em 7 de junho de 2012. Arquivado do original em 23 de julho de 2010 
  9. «Cópia arquivada». Consultado em 7 de junho de 2012. Arquivado do original em 13 de março de 2012 
  10. pearl (17 de outubro de 2017). «World Hepatitis Day | Hemophilia» (em inglês). Consultado em 22 de julho de 2021 
  11. World Hepatitis Day provides an opportunity to focus on specific actions
  12. «Cópia arquivada». Consultado em 7 de junho de 2012. Arquivado do original em 3 de junho de 2012 
  13. «OMS - Día Mundial contra la Hepatitis - 28 de julio de 2013». WHO. Consultado em 27 de julho de 2020 
  14. https://www.facebook.com/pahowho (24 de julho de 2014). «OPAS/OMS BIREME - Dia Mundial da Hepatite 2014: pense novamente - OPAS/OMS». Pan American Health Organization / World Health Organization. Consultado em 27 de julho de 2020 
  15. https://www.facebook.com/pahowho (23 de julho de 2015). «OPAS/OMS BIREME - Dia Mundial da Hepatite 2015 foca na prevenção da doença - OPAS/OMS». Pan American Health Organization / World Health Organization. Consultado em 27 de julho de 2020 
  16. Calò, Lilian; https://www.facebook.com/pahowho (28 de julho de 2016). «OPAS/OMS BIREME - Dia Mundial da Hepatite 2016:». Pan American Health Organization / World Health Organization. Consultado em 27 de julho de 2020 
  17. Bastos, Luís Felipe Cunha Sardenberg; https://www.facebook.com/pahowho (28 de julho de 2017). «OPAS/OMS Brasil - Esforços para eliminar hepatites estão ganhando impulso, afirma Organização Mundial da Saúde - OPAS/OMS». Pan American Health Organization / World Health Organization. Consultado em 27 de julho de 2020 
  18. OPAS/OMS (28 de julho de 2018). «Aumento do acesso a tratamento para hepatites poderá salvar milhares de vidas nas Américas». Pan American Health Organization / World Health Organization. Consultado em 27 de julho de 2020 
  19. Bastos, Luís Felipe Cunha Sardenberg; https://www.facebook.com/pahowho (26 de julho de 2019). «OPAS/OMS Brasil - OMS insta países a investirem na eliminação das hepatites virais - OPAS/OMS». Pan American Health Organization / World Health Organization. Consultado em 27 de julho de 2020 
  20. Calò, Lilian; https://www.facebook.com/pahowho (24 de julho de 2020). «OPAS/OMS BIREME - Dia Mundial da Hepatite 2020: "Um Futuro Livre de Hepatite" - OPAS/OMS». Pan American Health Organization / World Health Organization. Consultado em 27 de julho de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]