Discussão:Black Friday

    Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

    Opinião[editar código-fonte]

    O Black Friday não existe no Brasil. Uma empresa usar esse nome não caracteriza o evento. Não podemos permitir que a Wikipedia sirva de propaganda de empresas. Esta mensagem deveria ter sido assinada por 201.74.172.83 (discussão • contrib) 17h40min de 14 de novembro de 2011‎ (UTC)Responder[responder]

    Olá, o artigo não está equivocado, esse evento existe sim no Brasil. Quanto a propaganda, uma das secções do artigo estava com texto em formato publicitário, mais já foi corrigido. Kascyo falaê! 00h45min de 18 de novembro de 2011 (UTC)Responder[responder]
    O evento é novo, e no inicio foi regionalizado, talvez por isso para alguns ainda não exista. Mas me lembro claramente de propagandas na TV de empresas grandes especificamente com nome BlackFriday. O artigo continua altamente publicitário com diversos links para o site de uma empresa aleátoria, vou corrgiri isso agora mesmo. --R2-D2 Cyberpunk (discussão) 19h14min de 20 de novembro de 2013 (UTC)Responder[responder]

    Começou a existir em 2010 mas está se transformando em piada uma vez que as fraudes são a norma. Já virou piada nas redes sociais. O artigo é altamente tendencioso e representa sim uma verdaderia propaganda para as empresas. Como é possível que os links levem à artigos que apenas especulam e ainda conta com aberrações como esta:

    "Segundo a consultoria E-Bit, em 2014, a data deve gerar R$1,2 bilhão somente na internet, que corresponde a 3,5% do faturamento anual, consolidando assim, a Black Friday como uma das datas mais importantes para o comercio (sic) online." ?? Não estou me referindo ao erro de ortografia e sim ao fato de o link do E-Bit não ser verdadeiro. Isto é falso! Vocês estão propagando dados falsos.

    Sejam menos parciais. Até a revista Forbes já fez artigo sobre os absurdos deste evento no Brasil:

    In U.S., Black Friday About Deals; In Brazil, Black Friday About Fraud.

    O artigo tem que ser todo revisto e apresentar dados reais com links para institutos e instituições imparciais. Até a Wikipedia no Brasil é uma farsa? --Justana (discussão) 17h50min de 29 de novembro de 2014 (UTC)Responder[responder]

    Esta frase leva a conclusões enganosas: "A quarta Black Friday, que caiu no dia 29 de novembro de 2013, mais uma vez bateu recorde de vendas 21 , contemplando a venda tanto de bens, como produtos diversos, imóveis22 , carros 23 , artigos infantis24 ; utilidades domésticas25 , quanto de serviços, como turismo, festas infantis e comunicação 26 ."

    Dá a entender que nestes setores houve grande consumo mas os links 22, 23, 24 e 25 são especulações ou propagandas ou ainda inexistentes (o 25 não existe). Tem de haver seriedade na comprovação do que é escrito. Este artigo é absurdo e não conta com nenhum respaldo de nenhuma entidade ou instituição que forneça dados reais. Não se pode ter este tipo de atitude em uma enciclopédia. Por favor, respeitem as regras para a publicação de artigos. E eu que já achava qua a Wikipedia americana é ruim. Isto o que está aqui é inaceitável. --Justana (discussão) 18h05min de 29 de novembro de 2014 (UTC)Responder[responder]

    Feriado no Brasil?[editar código-fonte]

    No campo: Black Friday no Brasil, consta a citação: "Posteriormente se tornando um feriado para empresas do ramo e escolas." Ao meu ver, não cabe a frase, uma vez que no caso do Brasil não se aplica.

    Site oficial e empresas participantes?[editar código-fonte]

    Bom, o artigo vai nessa linha, eu sempre achei essa ideia meio absurda. É uma promoção como outra qualquer, e qualquer loja pode fazer promoção quando bem entende. Porém, saiu um artigo na folha de sao paulo dizendo o seguinte


    Parcerias foram firmadas neste ano com órgãos de defesa do consumidor, como o Procon-SP, com sites de reclamação, como o Reclame Aqui, e o site oficial do evento , do portal Busca Descontos, além da câmara que representa o comércio eletrônico. http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2013/11/1377202-consumidor-podera-checar-de-graca-reputacao-de-loja-da-black-friday-na-internet.shtml


    O que é curioso, pois até onde eu sei não existe qualquer outro tipo de evento parecido com 'site oficial' e 'lista de participantes'. Qualquer um pode fazer promoção, desde que respeite a legislação etc.

    --R2-D2 Cyberpunk (discussão) 19h39min de 27 de novembro de 2013 (UTC)Responder[responder]

    Maquiagem de preços[editar código-fonte]

    A questão de "maquiagem de preços" é algo de maior relevo nesta ocasião por comparação a outras épocas de vendas como a Páscoa, Natal, etc.? Rui Gabriel Correia (discussão) 09h03min de 28 de novembro de 2014 (UTC)Responder[responder]

    Na páscoa, natal e outras datas conclama-se os cidadãos para a compra de ovos de páscoa, presentes e outros itens com desconto? Tenho a impressão que não. Da última vez que chequei não. --Justana (discussão) 18h10min de 29 de novembro de 2014 (UTC)Responder[responder]

    Justana, aguardarei por respostas úteis. Rui Gabriel Correia (discussão) 14h51min de 1 de dezembro de 2014 (UTC)Responder[responder]