Discussão:Nacional-anarquismo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Untitled[editar código-fonte]

Totalmente imparcial esse texto,heim?

LIXO de artigo, hm? TOTALMENTE POV. Que vergonha.

Creio que estas duas entradas, Nacional-Anarquismo e Anarquismo Nacionalista, não devem ser sujeitos a fusão: o Nacional-Anarquismo é uma ideologia política bem delineada e suspeita de neo-fascismo, o Anarquismo Nacionalista, por exemplo o indigenismo, o anarquismo negro e o anarquismo judeu, são são Nacional-Anarquistas mas não deixam de ser nacionalistas.

Estas entradas na Wikipedia em inglês encontram-se separadas. Usuário:Azoria

Acho que não, até que sejam citadas fontes. "Anarquismo" e "nacional" são termos anacrônicos, tanto quanto "nacional" e "socialismo", o que me leva a crer que é uma referência ao nacional-socialismo (nazismo).
Outra wikipédia não é considerada fonte (inclusive no artigo na en, existe um aviso de necessidade de citar fontes).
Porantim msg 11h17min de 8 de Junho de 2007 (UTC)

Eu não compreendo o que é considerada uma fonte fiável, livros? Revistas? E editadas por quem? Se eu citar uma revista antifascista atacando o NA conta como se eu citasse uma revista NA como fonte?

E se no Anarquismo Nacionalista pedem fontes para citações (confira http://en.wikipedia.org/wiki/Nationalist_anarchism) no Nacional-Anarquismo pede fontes ADICIONAIS (http://en.wikipedia.org/wiki/National-Anarchism).

Não entendo... parece-me má fé e sectarismo, só tem prova de existência movimentos famosos que apareçam em revistas e livros que sirvam de fonte? E o que constitui uma "fonte fiável" se ao indicar excertos de movimentos que atacam esse movimento ou textos desse mesmo movimento não são consideradas fiáveis? Azoria


Azoria 12h46min de 8 de Junho de 2007 (UTC)

Sugiro a leitura das políticas da Wikipédia, especialmente:
Saudações
Porantim msg 01h14min de 9 de Junho de 2007 (UTC)

Grazie, assim farei. Azoria 06h44min de 12 de Junho de 2007 (UTC)

Esclarecimentos[editar código-fonte]

Ajustei o artigo a realidade dos fatos. Conforme a Internacional Anarquista no México de 2007, o nacional-anarquismo não é considerado uma corrente anarquista, mas sim um factóide. Os ditos anarco-nacionalistas se recusaram a comparecer no Encontro. Espero ter ajudado.

Saudações

AltCtrlDel (discussão) 17h00min de 22 de Abril de 2008 (UTC)

Sim, agora este artigo é um jorrilho de insultos nada factuais, uma bela peça de desinformação. Parabéns.

E não existe Internacional Anarquista.

  • Tá muito parcial o artigo; engraçado é que no Anarco-capitalismo, ninguem ousa ir lá e colocar: é uma doutrina pseudo-anarquista que visa associar o anarquismo com o capitalismo como estratégia de pseudo-libertários para continuar a escravizar o homem sob o mesmo sistema capitalista liberal antigo...
  • E sem falar que um grupo de anarquistas dos EUA resolveram promover um grupo denominado: Encontro dos anarquistas não-brancos, ignorando o facto de que o anarquismo surgiu na Europa Branca; ou seja, os anarquistas não-brancos podem discriminar e excluir, mas quando os anarquistas brancos fazem um movimento só pra eles são taxados de racistas?? 2 pesos, 2 medidas??

Respostas[editar código-fonte]

Ok, vamos por parte, gostaria de reponder primeiramente o comentário de Azoria. O indigenismo, o anarquismo negro e o anarquismo judeu, de fato não tem nada de Nacional-Anarquismo. No caso do indigenismo, existem várias correntes, inclusive algumas pró-estatais bem delineadas veja-se os herdeiros do marechal Rondon. Etnia e nacionalidade são coisas distintas, a idéia de nação surge na Europa num contexto muito específico e faz parte de uma forma de compreensão de uma coletividade ampla que é completamente eurocentrada.

No caso do Afro-Anarquismo trata-se não de um movimento de nacionalista, mas do reconhecimento de que os negros sofrem formas de dominação distintas e específicas e de que existem racistas no mundo, os quais é necessário combater. Tem origem entre os Pantera Negras, mas fora isso, pouco ou nada tem a ver com Malcon X e seu nacionalismo negro.

Quanto ao Anarquismo judaico existe um artigo na wikipédia anglófona apresenta a questão de uma forma bem interessante. trazendo aproximações com comunidades judaicas históricas, mas nunca afirmando um movimento que tenha como intenção criar uma nação judaica anarquista. Isso soa inclusive como uma piada já que o judaísmo consegue ser mais dividido ainda que o próprio anarquismo em termos de vertentes. O artigo é http://en.wikipedia.org/wiki/Anarchism_and_Judaism.

Agora a resposta para o IP. A minha opinião sobre o anarco-capitalismo é exatamente a que está expressa no seu primeiro tópico - para mim, assim como para outros libertários o anarco-capitalismo "é uma doutrina pseudo-anarquista que visa associar o anarquismo com o capitalismo como estratégia de pseudo-libertários para continuar a escravizar o homem sob o mesmo sistema capitalista liberal antigo", inclusive isso está no artigo anarco-capitalismo em algum lugar, por favor tire um tempo para lê-lo. No entanto, existem teóricos nesse movimento e fontes que questionam a minha visão que devem ter seu espaço na Wikipédia, então não se trata tanto de defender uma única posição, mas apresentar todas as posições existentes. Isso não acontece com o anarco-nacionalismo, ele é um factóide e nada mais que isso, sem teóricos, nem prática, só um bando de pseudo-famosos skins e punks que desejam polemizar e ficarem mais famosos ainda.

Quanto ao Encontro Internacional no México, devia se informar antes de sair afirmando ou refutando as coisas, seguem alguns links para corrigir esse deslize.

Saudações,

AltCtrlDel (discussão) 18h59min de 20 de fevereiro de 2009 (UTC)

  • até o artigo da metapedia está bem mais imparcial que isso daí; é como colocar um comunista fervoroso pra fazer um artigo sobre neoliberalismo e achar que ele irá ser imparcial..é por essas e outras que a wikipedia vai perdendo cada vez mais credibilidade pela rede afora..um projeto que tinha tudo pra ir alem, mas se prende no seu proprio fundamentalismo dogmatico de valores arcaicos relacionados ao irracionalismo maçonico e suas origens obscuras no misticismo sincretico entre falsa racionalidade, cerne cristianizado sem iconografias e valores adulterados sub-asiaticos e sub-orientalizados infiltrados numa especie de falso ocidente pos-moderno exo-espansionista imperial, tipo uma versão piorada do califado islamico pretendente a mundial e que ainda se acha melhor que este ultimo..mas no fundamentalismo dogmatico são os mesmos impositores primarios..