Discussão:Síndrome respiratória aguda grave

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Untitled[editar código-fonte]

Este texto definitivamente precisa de uma ajuda. Havia um parágrafo escrito por uma planta que é incapaz de conectar idéias por meio de palavras.

Tem como algum entendido neste assunto dar uma revisada neste texto? --Alenônimo msg 22h05min de 14 de Novembro de 2008 (UTC)

InfoGripe[editar código-fonte]

O site InfoGripe contabiliza quadros respiratórios agudos graves como "SRAG" desde 2009. Apesar de esse não ser o entendimento internacional, que classifica SARS exclusivamente como a doença causada por coronavírus, o Brasil inclui uma definição mais ampla para esse termo, que inclui infecções virais diversas, como H1N1, desde que sejam capazes de gerar quadros respiratórios agudos e graves. Isso está estabelecido até mesmo em manuais do Ministério da Saúde.
comentário não assinado de Betagamizado (discussão • contrib) 22h30min de 17 de abril de 2020‎ (UTC)

Este artigo é sobre a doença com o código CID J12.81 (Pneumonia devido a coronavírus associado à SARS). A que é descrita do lado direito desse PDF aparenta ser a J22 (SARI: severe acute respiratory infection, infeção respiratória aguda grave), que é a classificação de síndromes gripais que requerem hospitalização. JMagalhães (discussão) 02h24min de 18 de abril de 2020 (UTC)
Perfeitamente, tanto o InfoGripe quanto o Ministério da Saúde utilizam o termo SRAG para se referir à SARI. Por isso, acho prudente adicionar uma seção na página para identificar essas discrepâncias, que são comumente confundidas pelas pessoas que começam a estudar sobre o tema em português. --Betagamizado (discussão) 12h21min de 24 de abril de 2020 (UTC)
Vamos lá ver se nos entendemos, porque pelas últimas edições parece não ter ficado claro. Existem duas condições distintas com o nome de "Síndrome Respiratória Aguda Grave":
  • Em todo o mundo, "Síndrome Respiratória Aguda Grave" (SARS, SRAG) é uma doença específica causada pelo coronavírus SARS-CoV. Este artigo é sobre esta doença.
  • No Brasil, e apenas no Brasil, desde 2009 que também se chama "Síndrome Respiratória Aguda Grave" aos casos graves de síndrome gripal que, no contexto da vigilância da gripe, requerem hospitalização. No resto do mundo, este agravamento da síndrome gripal é denominado SARI (sever acute respiratory infection, infeção respiratória aguda grave) ou ARI (infeção/doença respiratória aguda grave). Volto a sublinhar: este artigo não é sobre esta segunda acepção do termo. A SRAG associada à síndrome gripal é tratada em síndrome gripal.
Ora, a última edição misturou as duas coisas. Os três primeiros parágrafos de "origem do termo" começam por falar, e bem, do surto da doença deste artigo em 2003. Mas depois o texto faz uma guinada para falar da "outra" SRAG, que é discutida no artigo síndrome gripal. Ao contrário de um dicionário, que se organiza por termos, uma enciclopédia organiza-se por assuntos. Assim, vou passar para lá o que é de lá e manter aqui apenas o que é daqui. JMagalhães (discussão) 02h07min de 10 de maio de 2020 (UTC)
Obrigado JMagalhães pelo esclarecimento. Entendo e concordo com a decisão de deixar este artigo apenas para o significado internacional do termo. Concordo em deixar os detalhes do significado brasileiro do termo para o artigo das "Síndromes Gripais", mas acredito ser conveniente deixar ao menos uma nota sobre o termo (ou no topo da página), para informar as pessoas que tenham vindo até este artigo procurar informações a respeito da SRAG como definida no Brasil, afinal, o texto é de língua portuguesa e este é um termo com significado distinto no Brasil (e utilizado bastante pela mídia e literatura científica brasileira ultimamente). O que acha? --Betagamizado (discussão) 17h20min de 10 de maio de 2020 (UTC)
JMagalhães, antes de realizar as modificações, por favor, eu gostaria que considerasse o seguinte. O termo SRAG é usado pela literatura científica brasileira, como neste e neste artigos. Por isso insisto que deva haver pelo menos menção ao significado alternativo do termo, para os nativos brasileiros que visitam a página. --Betagamizado (discussão) 17h35min de 10 de maio de 2020 (UTC)
Sim, basta fazer uma desambiguação no topo da página. JMagalhães (discussão) 17h44min de 10 de maio de 2020 (UTC)
Eu reduzi o texto que abordava sobre o uso do termo no Brasil, tentei fazer uma explicação mais breve e fiz uma referência à página principal de Síndromes gripais. Acha que poderia ficar assim? Se quiser, pode modificar. --Betagamizado (discussão) 18h17min de 10 de maio de 2020 (UTC)