Diva (banda)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
DIVA
Informação geral
País Portugal Portugal
Gênero(s) Pop
Gravadora(s) Metro-Som ; EMI ; Sony Music
Integrantes Natália Casanova (voz)
Pedro Solaris (guitarra), João Vitorino (bateria), Diamante (baixo) e António Freire (guitarras) (João Marques (teclas) até 1985)

Diva foi uma banda portuguesa de algum sucesso nas décadas de 1980 e 1990. O grupo foi formado em 1985 por Natália Casanova (voz), Pedro Solaris (guitarra), João Vitorino (bateria), Diamante (baixo) e João Marques (teclas).

Em Novembro de 1985 lançaram um single com os temas "Chuva" e "Saudade e Raiva" para a editora Metro-som. A capa apresenta um erro gráfico pois os temas aparecem indicados como "Saudade" e "Raiva".

António Freire (guitarra), Óscar Coutinho (baixo) e Pedro Domingos (teclas) entram para o grupo em 1986. No ano de 1989 assinaram contrato com a EMI-Valentim de Carvalho. Em 1990 lançaram o álbum "Ecos de Outono", produzido por Ricardo Camacho e Francis. "Amor Errante" é um dos temas mais marcantes do disco[1].

Em 1993 dá-se a saída de Pedro Domingos e a entrada do violinista Carlos Aires. Participam com uma versão de "Canção de Embalar" no disco "Filhos da Madrugada. Atuam no concerto "Filhos da Madrugada ao Vivo".

O segundo álbum, "Deserto Azul", foi editado em 1995.[2] O álbum "O Verbo", com produção de Frank Darcel, foi editado em 1996. No disco participou Adolfo Luxúria Canibal que escreveu as letras do disco e participa no tema "E o Verbo criou a Mulher".[3]

Em 1997 é lançado um CD-Single com remisturas de "Eu Ando Às Voltas"

Chegaram a gravar e a fazer a pré-produção do quarto disco, cuja edição esteve prevista para Abril de 1999, mas interromperam as gravações após desentendimentos com a editora Sony. Depois de alguns anos de paragem chegam a anunciar novo regresso mas não se concretizou.

Natália Casanova colaborou entretanto em discos de Francisco Ribeiro [4] e Citânia [5]e na canção de solidariedade "Grãos de Uma Romã"[6].

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • (1990) - Ecos de Outono (LP, EMI)
  • (1995) - Deserto Azul (CD, EMI)
  • (1996) - O Verbo (CD, Sony)

Singles[editar | editar código-fonte]

  • Saudade/Raiva (Metro-Som, 1985)
  • Eu Ando às Voltas (remixes) (Sony, 1997)

Colaborações[editar | editar código-fonte]

Referências