Donald Nicol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Donald Nicol
Nascimento 4 de fevereiro de 1923
Portsmouth
Morte 25 de setembro de 2003
Cambridge
Cidadania Reino Unido
Alma mater Pembroke College (Cambridge), King Edward VII School, St Paul's School
Ocupação Paramédico, historiador, professor catedrático
Empregador King's College de Londres

Donald MacGillivray Nicol (Portsmouth, 4 de fevereiro de 1923 - Cambridge, 25 de setembro de 2003) foi um bizantinista britânico.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nicol era filho de um ministro da Igreja da Escócia, e recebeu uma educação clássica na King Edward VII School em Sheffield e St Paul's School em Londres. Registrando como objetor de consciência em 1941, atuou entre 1942-1946 na Unidade Ambulatória de Amigos, com a qual ele visitou pela primeira vez a Grécia entre 1944-1945, visitando os mosteiros de Janina e Meteora. Depois de formar-se em clássicas em Cambridge, retornou para a Grécia em 1949-1950 como um membro da Escola Britânica de Atenas. Durante este período, ele também visitou o monte Atos, passando a páscoa de 1949 no mosteiro de Hilandar, e revisitou Meteora.[1]

Em 1950, Nicol casou-se com Joan Mary Campbell, com quem teve três filhos. Completou sua tese de doutorado para Pembroke College em Cambridge em 1952. Sua tese, "No Medieval Despotado do Épiro", levou-o a produção de seu primeiro livro, "The Despotate of Epiros". Sua orientador foi Steven Runciman, com quem Nicol formou uma amizade ao longo da vida, alimentada no Athenaeum Club.[1]

Após a conclusão de seu doutorado, a primeira postagem acadêmica de Nicol foi como professor de clássicos na Universidade College Dublin entre 1952-1964. Entre 1964-1966 atuou como "Professor Visitante" em Dumbarton Oaks, e foi então professor sênior e leitor de história bizantina na Universidade de Edimburgo (1966-1970). Em 1970 ele foi nomeado para a cadeira histórica de Professor Koraës de História, Linguagem e Literatura Grega Moderna e Bizantina no King's College de Londres, um posto que ocupou até 1988. Entre 1977-1980 foi assistente principal e entre 1980-1981 vice-presidente do King's College. Entre 1973-1983 foi o editor do Jornal de Estudos do Grego Moderno e Bizantino, e serviu como presidente da Sociedade Eclesiástica de História em 1975-1976. Em 1989-1992 foi diretor na Gennadius Library em Atenas.[1]

Nicol tornou-se membro da Academia Real Irlandesa em 1960 e membro da Academia Britânica em 1981. Por suas contribuições para a história medieval do Épiro, a cidade de Arta o fez um cidadão honorário em 1990, e ele recebeu um doutorado honorário da Universidade de Janina em 1997.[1]

Referências

  1. a b c d «Professor Donald Nicol» (em inglês). Consultado em 22 de novembro de 2012 
  • Este artigo foi inicialmente traduzido do artigo da Wikipédia em inglês, cujo título é «Donald Nicol».