Eat-Man

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde Dezembro de 2008).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Eat-Man
Gênero Aventura, Comédia, Ficção científica, Shounen
Mangá
Autor Akihito Yoshitomi
Editora(s) Japão Media Works
Estados Unidos Viz
França Asuka Comics
Revista Dengeki Comic Gao!
Data de publicação 1996 – 2003
Volumes 19
Anime
Direção Koichi Mashimo
Estúdio Studio DEEN
Exibição original 9 de Janeiro de 1997 – 27 de Março de 1997
Emissoras de TV Japão TV Tokyo
Brasil Locomotion
Nº de episódios 12


Projeto Animangá  · Portal Animangá

Eat-Man é uma manga criada por Akihito Yoshitomi em 1996 e publicada pela MediaWorks na revista de manga mensal Dengeki Comic Gao!. Em 1997 o Studio DEEN adaptou a manga para uma série de anime em 12 episódios, que foi transmitida no Japão, de 1 de Janeiro a 27 de Março de 1997 na TV Tokyo. Uma continuação, Eat-Man '98, foi também animada pelo Studio DEEN transmitida de 8 de Outubro a 23 de Dezembro de 1998 e foi exibido na América Latina até o ano de 2004 no canal de televisão paga Locomotion

História[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Eat-Man é uma série de histórias curtas (one-shot) acerca de um mercenário, que nem mesmo sabia se era humano ou máquina chamado Bolt Crank. Ele é um andarilho que não sabe de onde veio e tem o estranho poder de comer virtualmente qualquer coisa e depois recriar, a partir do seu braço, qualquer dos objectos que tenha comido. Bolt adora comer coisas de metal, em especial armas. A primeira fase com 12 episódios é bem obscura, enigmática, em todos os episódios e eles não se conectam, podem ser assistidos aleatoriamente. Mas mesmo assim tem um tom noir misterioso, tratando muito do lado obscuro de todos os personagens, conflitos internos, medos e desejos. Já a segunda fase, mais 12 episódios, que são mais voltados para ação em si, não sendo tão obscura, com a história se agrupando em pequenos conjuntos que formam uma estória com seus personagens (uma história pode ter 2 ou 3 episódios com personagens exclusivos dela que não aparecem nas outras), estas histórias podem ser vistas aleatoriamente, mas os capítulos nelas devem ser vistos em ordem.

Ícone de esboço Este artigo sobre mangá e anime é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.