Eletrólise de Kolbe

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Elétrólise de Kolbe ou reação de Kolbe é uma reação orgânica nomeada em relação a Hermann Kolbe.[1] [2] A reação de Kolbe é formalmente uma dimerização decarboxilativa e ocorre por um mecanismo de reação de radicais.[3] Genericamente, a reação pode ser observada como:

R1COO + R2COO → R1-R2 + 2 CO2

Se R1, R2 são diferentes, então alcanos R1-R1 e R2-R2 são também formados.

Como um exemplo, a eletrólise de ácido acético rende etano e dióxido de carbono:

CH3COOH → CH3COO → CH3COO· → CH3· + CO2
2CH3· → CH3CH3

Outro exemplo é a síntese de 2,7-dimetil-2,7-dinitrooctano de ácido 4-metil-4-nitrovalérico:[4]

Elétrolise de Kolbe, síntese de 2,7-Dimetil-2,7-dinitrooctano.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Hermann Kolbe (1848). «Zersetzung der Valeriansäure durch den elektrischen Strom». Annalen der Chemie und Pharmacie [S.l.: s.n.] 64 (3): 339–341. doi:10.1002/jlac.18480640346. 
  2. Hermann Kolbe (1849). «Untersuchungen über die Elektrolyse organischer Verbindungen». Annalen der Chemie und Pharmacie [S.l.: s.n.] 69 (3): 257–372. doi:10.1002/jlac.18490690302. 
  3. A. K. Vijh, B. E. Conway (1967). «Electrode Kinetic Aspects of the Kolbe Reaction». Chem. Rev. [S.l.: s.n.] 67 (6): 623–664. doi:10.1021/cr60250a003. 
  4. W. H. Sharkey and C. M. Langkammerer (1973), "2,7-Dimethyl-2,7-dinitrooctane", Org. Synth., http://www.orgsyn.org/orgsyn/orgsyn/prepContent.asp?prep=cv5p0445 ; Coll. Vol. 5: 445 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]