Eliane Caffé

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Eliane Caffé (São Paulo, São Paulo, 1961) é uma cineasta brasileira.

Eliane Caffé foi Graduada em Psicologia pela "Pontifícia Universidade Católica de São Paulo" / 1985 e cursou o mestrado no "Instituto de Estética y Teoria de las artes" - Universidade Autonoma de Madrid, Espanha - 1991/92. Iniciou sua carreira de cineasta com os curtas “O nariz”, “Arabesco” e “Caligrama”, premiados no Brasil e em Festivais Internacionais. Em 1997, dirigiu seu primeiro longa-metragem “Kenoma”, que foi exibido na 55th Mostra La Bienale di Venezia (Prospective) e ganhou vários prêmios, incluindo o “Soleil d’or” como melhor filme no XX Biarritz International Film Festival / França. O segundo longa “Narradores de Javé” recebeu também vários prêmios no Brasil e no exterior, entre os quais se destacam: melhor filme no 30º International Independent Film of Bruxelas, melhor filme e melhor roteiro no Festival de Cinéma des 3 Ameriques (Quebec / Canadá / 2004), “Mano de Oro” como melhor filme no Festival Internacional de Cine de Punta Del Leste/ 2004. Seu terceiro longa-metragem “O Sol do Meio Dia” (2010) ganhou o prêmio de melhor filme pela crítica no 33ª Mostra Internacional de São Paulo. Em 2016 finaliza o longa metragem “Era o Hotel Cambridge” Na área de vídeo e TV realizou a micro-serie “O LOUCO DOS VIADUTOS” (TV Cultura/ 2009), além de documentários experimentais “MilÀGRIMAS POR NÓS” e “CÉU SEM ETERNIDADE”. Paralelamente, coordena oficinas de audiovisual em diferentes zonas de conflito em São Paulo e interior do Brasil.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

  • 2016- Era O Hotel Cambridge (longa metragem)
  • 2011 - Céu Sem Eternidade (longa metragem)
  • 2009 - O Sol do Meio Dia (longa metragem)
  • 2009 - O Louco dos Viadutos (mini-serie para Tv Cultura)
  • 2008 - O Mago dos Viadutos (Curta metragem)
  • 2003 - Narradores de Javé (Longa metragem)
  • 1998 - Kenoma (longa metragem)
  • 1995 - Caligrama (curta-metragem)
  • 1990 - Arabesco (curta-metragem)
  • 1987 - O nariz (curta-metragem)

Premiações[editar | editar código-fonte]

  • Roteiro premiado no concurso Prêmio Estímulo para Realização de Curta-metragem, da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, por Caligrama (1994)
  • Roteiro premiado no concurso Resgate do Cinema Brasileiro, do Ministério da Cultura, por Caligrama (1994)
  • Melhor Curta-Metragem pelo Júri Oficial, Melhor Curta-Metragem pelo Júri Popular, Melhor Fotografia, Melhor Cenografia e Melhor Som, por Arabesco, no Festival de Cinema de Gramado (1990)
  • Melhor curta-metragem em 1992 no Festival Internacional de Cinema Realizado por Mulheres, por Arabesco
  • Em Madri, Melhor Curta-metragem pelo Júri Popular, por Arabesco
  • Melhor curta-metragem por O Nariz, em 1989, Festival Internacional de Cinema de Oberhausen, Alemanha, pelo Júri da Cinemateca da Juventude
  • Melhor Curta-Metragem de Ficção, em 1988, na XII Jornada Internacional de Cinema da Bahia e naXI Jornada de Cinema e Vídeo no Maranhão, por O nariz, com Melhor Ator para Carlos Gregório
  • Por Narradores de Javé, Federation Internationale de la Presse Cinematographique, Prêmio de melhor filme pelo Júri FIPRESCI
  • No Cine PE, 2003 Melhor filme, Melhor Direção, Melhor montagem, som, ator, atriz, ator e atriz coadjuvante, Prêmio da crítica (melhor filme) e Prêmio Gilberto Freire, por Narradores de Javé
  • Prêmios de melhor filme independente e de melhor roteiro no 30º Festival Internacional do Filme Independente de Bruxelas, na Bélgica, por Narradores de Javé
  • Prêmio de melhor filme no VII Festival Internacional de Cinema de Punta del Este, 2004, por Narradores de Javé

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Filmografia

"ERA O HOTEL CAMBRIDGE" / 2016 - Longa metragem que ganhou os prêmios de Finalização no Cine em Construccion/ Festival de San Sebastian – Espanha; Hubert Bals/ Holanda e Ille de França – França. Lançamento previsto - 2016

“O SOL DO MEIO DIA” (longa-metragem de ficção, 110’, 35 mm)

A trajetória de três personagens do interior do Brasil que por razões diferentes são obrigados a deixarem o lugar de origem. Eles se encontram no mesmo destino – a cidade de Belém – na tentativa de regenerarem-se.

PRÊMIOS

33ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo / 2009 - Prêmio da Critica de Melhor Filme Brasileiro Festival Internacional do Rio de Janeiro / 2009 - Melhor atores para Luis Carlos Vasconcelos e Chico Diaz


“NARRADORES DE JAVÉ” (ficção,35mm, 100’ / 2002).

Os habitantes de um minúsculo vilarejo no sertão da Bahia decidem escrever a “grande história oficial” do lugar para obterem o tombamento da comunidade e assim tentar evitar de submergirem sob as águas de uma hidrelétrica que os ameaça.

PRÊMIOS

Festival de Cinéma des 3 Ameriques (Quebec / Canadá) / 2004 -Prêmio de melhor longa-metragem de ficção do Festival Un Cine de Punta (Punta del Leste / Uruguai) /2004 -Prêmio Mano de Ouro, de melhor filme, no XIX Muestra de Cine Mexicano e Liberoamericano de Guadalajara -Prêmio: menção Honrosa pelo Juri Oficial 30º Festival Internacional do Filme Independente de Bruxelas - Prêmio melhor filme e melhor roteiro

Federation Internationale de la presse cinematographique 

- Prêmio de melhor filme pelo Júri FIPRESCI - - Festival de Friburgo/ Suíça – 2003 Festival Internacional Um Cine de Punta / Punta Del Leste - Prêmio “Mano de Oro” de melhor filme / 2004 Festival Internacional de Rotterdam / Holanda ( 2003) -Selecionado para a mostra competitiva do 32º festival internacional de cinema Festival Internacional do Rio de Janeiro / Brasil (2003) - Melhor filme - Melhor ator para José Dumont - Melhor filme pelo Júri Popular Cine PE – Festival do Audiovisual – 2003 - Melhor filme - Melhor Direção - Melhor montagem, som, ator, atriz, ator e atriz coadjuvante - Prêmio da crítica – melhor filme - Prêmio Gilberto Freire 3º Ecocine – Festival Nacional de cinema e vídeo ambiental - Melhor filme 7ª Bienal Bienal de Design Gráfico /2004 - premiado como destaque na Categoria TV, Cinema e Vídeo. Prêmio APCA /2005 - Melhor roteiro para “Narradores de Javé” Prêmio da Crítica – CINESESC/2005 - Melhor diretor por “Narradores de Javé” Prêmio TAM do Cinema Brasileiro – 2005 -Melhor roteiro -melhor ator coadjuvante

“KENOMA” (ficção, 35mm, 100 minutos/1998)

No sertão do Brasil, um homem vive a obsessão de transformar a engenhoca de um moinho abandonado na utópica máquina de “movimento perpétuo”.


PRÊMIOS E MOSTRAS

XX Biarritz International Film Festival / 1998 - prêmio“SOLEIL D’OR” como melhor filme. Festival Internacional de Gàva/Espanha / 1999. - prêmio melhor filme, melhor direção e melhor fotografia - 55ª Mostra Internazionale D’Arte Cinematográfica – La Bienale di Venezia (Prospettive) - 23º Annual Showing – Toronto International Film Festival Encontro Brasil-Portugal de Cinema - melhor ator para José Dumont Festival de Brasília/ 1998 - melhor ator para José Dumont , melhor direção de arte e cenografia e melhor abertura. Festival Brasileiro de Miami /1999 - melhor roteiro, melhor direção de arte e melhor ator coadjuvante. - O filme foi selecionado para participar das mostras nos festivais de Locarno, Rotterdam, entre outras.

“CALIGRAMA" (documentário,35mm, 30’ /1995)

Ensaio poético com os moradores de ruas da cidade de São Paulo que representam sua condição através de sons, objetos, escritos e auto-retratos.

PRÊMIOS

1995 - Festival de Brasília do Cinema Brasileiro

  • Melhor Documentário pelo Júri Oficial

1996 – Festival Internacional del Nuevo Cine Latinoamericano

  • Melhor Filme Experimental pelo Júri Oficial


"ARABESCO" (ficção, 35 mm, 15’ / 1990)

Dois homens invadem uma casa onde as situações estranhas e absurdas acontecem e revelam dois modos distintos de lidar com o desconhecido.

PRÊMIOS

Festival de Cinema de Gramado / 1990 - Melhor Curta-metragem pelo Júri Oficial - Melhor curta-metragem pelo Júri Popular - Melhor Fotografia - Melhor Cenografia - Melhor Som 1992 - Festival Internacional de Cinema Realizado por Mulheres / Madrid. - Melhor Curta-metragem pelo Júri Popular


O NARIZ" ( ficção,35 mm, 11’ / 1987) A busca pela identidade leva um homem a mascarar-se com um nariz de borracha sem que nada mais se altere em sua rotina da casa e do trabalho.


PRÊMIOS Festival Internacional de Cinema de Oberhausen, Alemanha /1989 . -Melhor Curta-metragem pelo júri da "Cinemateca da Juventude" XII Jornada Internacional de Cinema da Bahia-1988. - Melhor Curta-metragem de Ficção XI Jornada de Cinema e Vídeo no Maranhão -1988. - Melhor ator para Carlos Gregório


Vídeos Ensaios e Microsérie para TV

“O LOUCO DOS VIADUTOS” ( ficção, HD, 2009)

  • Micro-serie de 4 capítulos para a TV Cultura / 2009. A história real da ocupação dos baixios do viaduto Alcântara Machado em São Paulo pelo GARRIDO BOXE que transformou o local numa academia de ginástica para grupos sociais de baixa renda, moradores de rua, prostituas, ex-detentos e migrantes - Uma fábrica de campeões de boxe.

“A MARGEM DA PAISAGEM” (documentário, HD, 52’, 2012)

  • Documentario sobre o processo de criação lan-art do artista Jean Paul Ganem.

“MILÁGRIMAS”(documentário,vídeodigital, 55’/2006)

  • Documentário sobre o processo de criação do espetáculo de dança “Milágrimas” do coreógrafo Ivaldo Bertazzo

“CIDADES SEM JANELAS” (vídeo-instalação)

  • Realização da vídeo-instalação “Kinotrem” para o evento multimídia “Arte & Cidade” /São Paulo.

Coordenação de Oficinas de criação coletiva


“VIDEO CARTA ACARAÚ, SANTA MARIA E PEREIRINHA/ITACURUÇÁ”

  • Coordenação de criação coletiva em audiovisual nas comunidades Quilombolas e Ribeirinhas do Vale do Ribeira – Projeto Coletividea/ 2012.

“VIDEO CARTA A SÃO PAULO” (ensaio/documentário, HD, 60’, 2011)

  • Coordenação da criação coletiva do “vídeo-carta” com um grupo de refugiados da cidade de São Paulo em parceria com o SESC Consolação e ADUS.

“CÉU SEM ETERNIDADE” (ensaio/documentário, HD, 70’, 2011)

  • Coordenação da criação coletiva do “vídeo-carta” com as comunidades quilombolas de Alcântara/Ma que vivem em conflito com o Projeto Espacial.

Prêmio Nego Chico do FESTIVAL GUARNICÊ DE CINEMA /2011: “Menção Honrosa”. “PAZ NA DIFERENÇA” (ensaio , HD, 40’,2010)

  • Coordenação da oficina coletiva de vídeo com pacientes psiquiátricos do Projetos Terapeuticos

“ESCRITURA DRAMÁTICA PARA AUDIOVISUAL”

  • Coordenação do Curso Regular de oficinas de narrativas audiovisuais em curta metragem para o SESC POMPÉIA/SP.


Coordenação de Oficinas de dramaturgia em audiovisual

Coordenação de oficinas áudio-visual em várias entidades: “Escuela Internacional de Cine de CUBA”, “Projeto Garrido Boxe”; “Espaço de Cinema Unibanco”; “Espaço Paulista Cultural”; “Unidades do SESC/SP” “Estúdio Fátima Toledo”; “Escola São Paulo” “ Galeria B-ARCO”.

Coordenação de coletivos audiovisuais em zonas de conflito: Alcantara/Funarte; Vale do Ribeira/ Coletividea; MSTC/ Linha de Frente.