Ementa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde Dezembro de 2008). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Se procura o menu de restaurantes, veja Cardápio.

Ementa (do latim ementum, "pensamento", "ideia", de e e mens, "juízo", "razão", "mente") é um termo aplicado de modo geral, para indicar uma espécie de apontamento ou anotação tomada para lembrança[1], a fim de que, por aí, se produza depois o documento escrito, para que se faça e se execute o ato nela lembrado. Por exemplo, é a decisão resumida das matérias e suas cargas horárias dadas numa faculdade.

Uma ementa universitária, em geral, apresenta muito sucintamente as ideias gerais sobre quaisquer assuntos que serão abordadas ao longo da disciplina, como forma de um fichamento (frases soltas, de forma bem sintética). A apresentação mais detalhada dos assuntos que serão estudados, ponto a ponto, é dada no programa de curso.

Em Direito, a ementa de acórdão resume com palavras-chave o tema discutido e apresenta o dispositivo do julgado.

Em Portugal, usa-se o termo latino syllabus na mesma acepção e não "ementa", cujo significado está associado a menu de restaurante.

Referências

  1. ementa in Dicionário infopédia da Língua Portuguesa [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2018. [consult. 2018-06-24 20:45:57]. Disponível na Internet: https://www.infopedia.pt/dicionarios/lingua-portuguesa/ementa
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.