Equações regressivas de Kolmogorov (difusão)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

As equações regressivas de Kolmogorov, ERK, (na literatura, citadas como KBE, de Kolmogorov backward equation) da difusão e seus adjuntos, algumas vezes conhecidas como a equação regressiva de Kolmogorov da difusão são equações diferenciais parciais (EDP) que surgem na teoria do tempo contínuo e estado contínuo dos processos Markov. Ambos foram publicados por Andrey Kolmogorov em 1931. Mais tarde percebeu-se que a equação progressiva já era conhecida em Física sob o nome de equação de Fokker–Planck; a ERK no outro sentido era nova.

Informalmente, a equação progressivas de Kolmogorov apontam o seguinte problema. Temos informações sobre o estado x do sistema no tempo t, ou seja uma distribuição de probabilidade ; queremos saber a distribuição de probabilidade do estado em um momento posterior . O adjetivo 'progressivo' refere-se ao fato que serve como a condição inicial e as EDP são integradas progressivamente no tempo. No caso em que o estado inicial seja conhecido exatamente então é um função delta de Dirac centrada sobre esse estado.


Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou seção está a ser traduzido de «Kolmogorov backward equations (diffusion)» na Wikipédia em inglês. Ajude e colabore com a tradução.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Etheridge, A. (2002). A Course in Financial Calculus. [S.l.]: Cambridge University Press