Ereira (Cartaxo)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Portugal Ereira  
—  Freguesia portuguesa extinta  —
Brasão de armas de Ereira
Brasão de armas
Ereira está localizado em: Portugal Continental
Ereira
Localização de Ereira em Portugal Continental
Coordenadas 39° 10' 41" N 8° 52' O
Concelho primitivo Cartaxo
Concelho (s) atual (is) Cartaxo
Freguesia (s) atual (is) Ereira e Lapa
Extinção 2013
Área
 - Total 6,27 km²
População (2011)
 - Total 636
    • Densidade 101,4 hab./km²
Gentílico: Ereirense
Orago Divino Espírito Santo; padroeira: Nossa Senhora da Conceição

Ereira foi uma freguesia portuguesa do concelho do Cartaxo, com 6,31 km² de área e 636 habitantes (2011). Tinha uma densidade populacional de 100,8 hab/km².


Foi extinta em 2013, no âmbito de uma reforma administrativa nacional, tendo sido agregada à freguesia de Lapa, para formar uma nova freguesia denominada União das Freguesias de Ereira e Lapa da qual é a sede.[1]

População[editar | editar código-fonte]

População da freguesia de Ereira [2]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
1 261 1 389 1 731 1 861 2 033 2 221 904 825 890 856 747 737 664 628 636

Pela Lei nº 1142, de 08/04/1921, foram desanexados lugares desta freguesia para constituir a freguesia da Lapa

Distribuição da População por Grupos Etários
Ano 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos
2001 72 67 331 158 11,5% 10,7% 52,7% 25,2%
2011 91 34 308 203 14,3% 5,3% 48,4% 31,9%

Média do País no censo de 2001: 0/14 Anos-16,0%; 15/24 Anos-14,3%; 25/64 Anos-53,4%; 65 e mais Anos-16,4%

Média do País no censo de 2011: 0/14 Anos-14,9%; 15/24 Anos-10,9%; 25/64 Anos-55,2%; 65 e mais Anos-19,0%

Descrição geográfica e histórica da localidade[editar | editar código-fonte]

Ereira confronta com as localidades da Lapa, Pontével e Vale da Pinta, e com o lugar de Maçussa e Manique do Intendente (no concelho de Azambuja). Ereira dista 8,8 km da sua sede de concelho.

Dos velhos moinhos que envolviam as suas encostas, perpassa, ainda, no sopro do vento restos de antigas lendas e histórias fantasias do seu passado.

Em 1921, a freguesia da Lapa desanexa-se da freguesia da Ereira, passando estas, a partir dessa data a configurarem freguesias independentes.[3]

Dos trilhos antigos onde entrelaça a sua vida campestre, ainda se vislumbram ecos da passagem de romanos e árabes, histórias que abriram os caminhos medievais até à chegada de D. Nuno Álvares Pereira, que aqui pernoitou e aqui tomou a decisão de apoiar D. João, Mestre de Avis, como candidato ao trono de Portugal. Para simbolizar este facto, a 19 de Março de 1989 foi inaugurado, no Largo principal da Ereira, um marco em sua homenagem.

Hoje é uma povoação composta por uma comunidade diversificada, que faz jus em transmitir aos mais novos as suas heranças culturais, quer seja no domínio da arte, da música ou do folclore, ou até nos sabores antigos, que por vezes, se apresentam em diversos certames de gastronomia. Quem não aprecia a “sopa de coelho” ou os doces “coscorões” salpicados de aguardente vínica, rendilhados na massa estendida com uma garrafa de vinho escuro? Ou até as saborosas “misturadas” que tiveram honras de programa televisivo, organizado por Maria de Lurdes Modesto.

Situada na zona do Bairro, onde se produz alguns dos afamados vinhos que dão nome ao vinho do Cartaxo, Ereira estende-se por uma pequena planície com uma ligeira elevação de terrenos, onde o colorido das vinhas e olivais dão à paisagem uma tonalidade multifacetada, salpicando, por vezes, de casario as amenas parcelas da pequena propriedade rural, espaço ultimamente redescoberto por inúmeros citadinos, que aqui procuram tónicos para combater o stress das grandes cidades.

Património[editar | editar código-fonte]

  • Igreja Matriz;[4]
  • Núcleo do Museu Rural e do Vinho;
  • Ruínas do "Bicho Feio".

Festas e Eventos[editar | editar código-fonte]

Na 1ª quinzena de Agosto em honra de Nossa Senhora da Conceição.

Referências

  1. Diário da República, 1.ª Série, n.º 19, Lei n.º 11-A/2013 de 28 de janeiro (Reorganização administrativa do território das freguesias). Acedido a 2 de fevereiro de 2013.
  2. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
  3. «Paróquia de Ereira». Arquivo Distrital de Santarém. Consultado em 23 de Outubro de 2013 
  4. Igreja Matriz da Ereira

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.