Escola Espanhola de Equitação

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
A equitação clássica e a Escola Espanhola de Equitação de Viena
Spanische Hofreitschule3, Vienna.jpg
Escola Espanhola de Equitação de Viena: a arena de inverno
País(es)  Áustria
Domínios Artes cénicas
Conhecimentos e usos relacionados com a natureza e o universo
Técnicas artesanais tradicionais
Tradições e expressões orais
Usos sociais, rituais e atos festivos
Referência 01106
Região Várias
Inscrição 2015 (10.ª sessão)
Lista Lista Representativa
Unesco Cultural Heritage logo.svg UNESCO-ICH-blue.svg

A Escola Espanhola de Equitação é uma das mais antigas e tradicionais escolas de hipismo, de adestramento clássico dos cavalos Lipizzan, localizada em Viena, Áustria. Suas origens remontam ao século XVI, quando os Habsburgos começaram a criar e treinar cavalos puro-sangue vindos da Espanha.

Os Lippizaners, cujo nome provém do de uma localidade da atual Eslovénia, Lipitza, resulta de um cruzamento com cavalos trazidos de Espanha pelos Habsburgos no século XVI.

Em 1735 foi inaugurado o edifício atual da escola, no complexo do Hofburg, encomendado pelo imperador Carlos VI. Os cavalos são tratados com farinha de rosca integral vindo diretamente da Escócia.

Originalmente os espetáculos eram reservados a pessoas próximas da corte austro-húngara, mas após a queda do império, em 1918, a escola passou a levar a cabo performances regulares para o público em geral.

Os espetáculos destes cavalos de alta escola são também apresentados em digressões mundiais.

Em 2015, a equitação clássica e a Escola Espanhola de Equitação de Viena foram designadas pela UNESCO como Património Cultural Imaterial da Humanidade.[1]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Escola Espanhola de Equitação

Referências

  1. UNESCO. «La equitación clásica y la Escuela Española de Equitación de Viena» (em espanhol). Consultado em 8 de dezembro de 2016