Ex-Votos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura a prática votiva católica, veja Ex-voto.


Ex-Votos
Informação geral
País Portugal Portugal
Página oficial https://www.facebook.com/EXVOTOSOFICIAL/

Os Ex-Votos' são uma banda de música portuguesa, que contava na sua formação com Zé Leonel', um dos membros fundadores dos Xutos & Pontapés e que contribuiu também para a fundação dos Peste & Sida,[1] entretanto falecido em 21 de Abril de 2011 [2]

Ainda na década de 80, quando questionado sobre o nome, Zé Leonel, respondia "Isto são os Ex-Votos no cumprimento de fazerem música em Portugal e esta é a nossa igreja".[3] Assim, a banda acabou por adoptar este nome.

Em 1996 o single Subtilezas Porno-Populares é lançado na colectânea A Idade do Pecado.[4]

Em 1999, a banda foi convidada pelos Xutos & Pontapés a participar no disco de comemoração dos seus 20 anos, XX Anos XX Bandas, onde interpretaram o tema Sémen.

A banda fez uma versão da música "Fado do Estudante" original do filme A Canção de Lisboa, onde é interpretada por Vasco Santana.[5]

O último concerto da banda com o fundador Zé Leonel, que contava na sua formação com Daniel Baptista (guitarras,bandolim e vozes), Miro do Carmo (baixo e vozes), Pedro Ferreira (guitarra e vozes) e JP Teixeira (bateria), ocorreu a 13 de Abril de 2011 em Odivelas, tendo contado com a participação especial de Kalú, também ele membro fundador dos Xutos & Pontapés [6] e de vários ex-membros da banda.

A seguir a um período de luto e indefinição no seio da banda, após o falecimento de Zé Leonel, os elementos da mesma optaram pela continuidade (defendida e expressa pelo próprio Zé Leonel,  na entrevista  feita por Luís Silva do Ó no âmbito do Livro “Bookstage - Nos Bastidores do Rock Português”). Daniel Baptista passa a assumir a voz  principal e verifica-se a reentrada do saxofonista Zéquinha e de Pedro Cestinho no acordeão e sintetizador.

Em 2016 é editado o disco "A Cantiga Contínua", um novo registo que para além de afirmar a continuidade do projeto com novos temas, incluí também êxitos revisitados como “Subtilezas Porno Populares” e “Canto aos Peixes”. O disco com a participação especial de Tiago Flores (Corvos) e Ana Filipa Rodrigues (ex-membro), entre outros.

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • 1994 - CD Cantigas de Bloqueio[7]
  • 1995 - CD Benditos sejam[8]
  • 1997 - CD Cantigas do Faz de Conta[9]
  • 2001 - CD Cantigas da Vida[10]
  • 2016 - CD A Cantiga Continua

Colectâneas[editar | editar código-fonte]

  • 1996 - A Idade do Pecado - Tema: Subtilezas Porno-Populares
  • 1999 - XX Anos XX Bandas - Tema: Sémen

Referências

  1. Cotonete:[1], acesso em 23 de Maio de 2012
  2. Jornal Blitz:[2], acesso em 23 de Maio de 2012
  3. MP2000: A origem dos nomes, acesso em 12 de Maio de 2008
  4. Fonoteca Municipal de Lisboa:A Idade do Pecado, acesso em 12 de Maio de 2008
  5. MP2000: Versões, acesso em 21 de Maio de 2008
  6. IOL Música:[3], acesso em 23 de Maio de 2012
  7. Fonoteca Municipal de Lisboa:Cantigas de Bloqueio, acesso em 12 de Maio de 2008
  8. Fonoteca Municipal de Lisboa:Benditos Sejam, acesso em 12 de Maio de 2008
  9. Fonoteca Municipal de Lisboa:Cantigas do Faz de Conta, acesso em 12 de Maio de 2008
  10. Radio Comercial: Discografia, acessado em 11 de Maio de 2008

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma banda ou grupo musical é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.