Félix de Valois

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros santos de mesmo nome, veja São Félix.
Félix de Valois
A corsa do bosque e São Félix
O Confessor
Nascimento ca. 16 de abril de 1127 em Amiens, Valois, França
Morte 04 de novembro de 1212 (85 anos) em Cefroid, França
Veneração por Igreja Católica
Canonização 1º de maio de 1262 por Urbano IV
Festa litúrgica 20 de Novembro
Gloriole.svg Portal dos Santos

Félix de Valois (Amiens, França, 16 de abril de 1127 – Cefroid, França, 4 de novembro de 1212) foi um monge eremita francês e um dos fundadores da ordem dos Trinitários.

Como eremita[editar | editar código-fonte]

Nasceu em Amiens no distrito de Valois, na França, em 19 de abril de 1127. Ainda jovem, tornou-se um eremita, renunciando às suas posses, e retirou-se para a floresta de Galeresse, onde deu-se à oração e contemplação.

Permaneceu na floresta de Galeresse até o seu sexagésimo primeiro ano, sendo muito reverenciado pela população local, que o consideravam um homem de grande santidade.[1]

Fundação da Ordem da Santíssima Trindade[editar | editar código-fonte]

João de Matha, admirado pela "fé e santidade" que possuía Félix, juntou-se ao monge e formou uma pequena comunidade religiosa na floresta. Matha sugeriu-lhe a ideia de estabelecer uma Ordem de monges que deveriam dedicar suas vidas para resgatar os escravos cristãos que eram capturados pelos mouros e sarracenos durante as cruzadas".[2]

Matha e Félix viajaram para Roma em dezembro de 1197 para apresentar o plano ao papa. Em 3 de fevereiro de 1198 o Papa Inocêncio III sancionou a ordem para fundar um mosteiro em Cerfroid na Picardia. Já em Cefroid, fundaram a "Ordem da Santíssima Trindade para o Resgate de Cativos". Felix ficou em Cefroid para servir como Supervisor Geral, enquanto Matha trabalhava viajando. Logo após, estabeleceu um hospital da Ordem em Saint Mathum em Paris.[3]

Morreu em Cerfroi em 4 de novembro de 1212, e foi canonizado pelo Papa Urbano IV em 1º de maio de 1262.[4]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Este artigo incorpora texto do artigo «Felix of Valois» da Encyclopædia Britannica (11ª edição), publicação em domínio público.