F Bosísio (F-48)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
F Bosísio
Bosisio2009.JPG
Fragata Bosísio atracada no porto do Recife.
Carreira COA Brazilian Navy.svg
Operador Brasil Marinha do Brasil
Fabricante Yarrow Shipbuilders, Escócia[1]
Homônimo Almirante Paulo Bosísio
Lançamento 4 de março de 1980
Comissionamento 2 de julho de 1982 (Marinha Real Britânica)
30 de agosto de 1996 (Marinha do Brasil)
Estado Em serviço
Características gerais
Classe Classe Greenhalgh[2]
Tonelagem 4 300 padrão / 4 600 plena carga
Largura 14,8 m
Comprimento 131,2 m
Calado 30 m
Velocidade 30 nós (55 km/h)
Armamento Míssil antinavio MM-38 Exocet
míssil antiaéreo GWS-25 Seawolf
lançadores para torpedo Mk 46
Aeronaves 2 helicópteros Westland AH-11A Super Lynx
Tripulação 273 oficiais e marinheiros

F Bosísio (F-48) é um navio de guerra do tipo fragata pertencente a Marinha do Brasil. Faz parte da classe Greenhalgh.[2]

É uma das quatro fragatas "Type 22 (Lote I)" adquiridas pelo Governo do Brasil do Ministério da Defesa Britânico na década de 1990. O navio atuou na Marinha Real Britânica com o nome de HMS Brazen (F91).[1]

História[editar | editar código-fonte]

Fragata Bosísio em exercício de tiro anti-aéreo (abril de 2011).

Construída pelo estaleiro Yarrow Shipbuilders em Scotstoun, Glasgow (Escócia), foi lançada ao mar em 4 de março de 1980. Esteve em serviço na Royal Navy de 2 de julho de 1982 a 30 de agosto de 1996. Participou da Guerra do Golfo.[3]

Adquirida pelo Brasil, foi incorporada à Armada em 30 de agosto de 1996. Recebeu o seu atual nome em homenagem ao Almirante Paulo Bosísio (1900-1985), sendo a primeira embarcação da esquadra a ostentar esse nome.[1]

Em 2009, ajudou nas buscas pelo avião da Air France, que fazia o Vôo AF 447.[4] [1]

Referências

  1. a b c d «F Bosísio - F 48, Classe Broadsword - Type 22 Batch 1». Navios de Guerra Brasileiros. Arquivado desde o original em 22 de junho de 2013. Consultado em 22 de junho de 2013. 
  2. a b «Fragata Classe Greenhalgh». Marinha do Brasil. Arquivado desde o original em 22 de junho de 2013. Consultado em 22 de junho de 2013. 
  3. «Gulf War» (em inglês). UK Parliament, HC Deb 24 February 1993 vol 219 cc649-50W. Arquivado desde o original em 22 de junho de 2013. Consultado em 22 de junho de 2013. 
  4. «Fragata Bosísio e navio-tanque Gastão Motta partiram em direção à área de buscas». Poder Naval. 3 de junho de 2009. Arquivado desde o original em 22 de junho de 2013. Consultado em 22 de junho de 2013. 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre F Bosísio (F-48)



Ícone de esboço Este artigo sobre a Marinha do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.