Fabricio Ferrari

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Fabricio Ferrari
Dunkerque - Quatre jours de Dunkerque, étape 1, 6 mai 2015, départ (B128).JPG
Fabricio Ferrari
Informação pessoal
Nome nativo Fabricio Ferrari Barcelo
Nascimento 3 de junho de 1985 (33 anos)
Santa Lucía, Uruguai
Cidadania Uruguai
Ocupação ciclista desportivo
Informação equipa
Equipa atual Caja Rural-Seguros RGA
Disciplina Estrada
Função Ciclista
Amador
2003-2009 Alas Rojas
Azysa
Azpiru-Ugarte
Caja Rural
Profissional
2010-atualmente Caja Rural-Seguros RGA
Estatísticas
Fabricio Ferrari no ProCyclingStats

Fabricio Ferrari Barcelo (Santa Lucía, Canelones, 3 de junho de 1985) é um ciclista uruguaio que compete pela equipa navarra Caja Rural-Seguros RGA.

Filho de Diver Ferrari (ex-ciclista que competiu na década de 70), sempre esteve perto do ciclismo, ainda que apenas aos dezasseis anos começou a competir porque o seu pai não lhe deixou pois preferia que ele desfrutasse da infância.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Aos dezassete anos passou à primeira categoria do Club Ciclista Alas Rojas, equipa amadora, e ali ainda que teve que se debater com ciclistas já experimentados conseguiu destacar-se.

Em 2004 e com dezanove anos venceu a Volta de Flores, quando surpreendeu o pelotão que não o tinha tido em conta nos seus planos.[1]

Em 2005 conseguiu a vitória na 2º etapa da Volta Ciclista do Uruguai com final em Rocha e na classificação geral final ficou em 25ª posição.

Emigrou à Espanha em 2006 com o apoio de Agustín Margalef (que já tinha estado na Espanha em anos anteriores) e o ex ciclista Héctor Rondán, residente na Espanha desde a sua época de ciclista. Começou a competir na Espanha pelo Azysa e em 2007 passou ao Azpiru-Ugarte.[2]

Desde a sua primeira vitória na Europa (16 de abril de 2006) sagrou-se vencedor do Troféu Euskaldun[3][4] e numa ocasião conseguiu o Troféu Sub 23 da Federação Basca. Em 2009 somou os títulos da Volta ao Goierriy[5][6] da Bizkaiko Bira.[7][8]

As boas atuações fizeram que a equipa estagiária da Caja Rural o contratasse para a temporada 2009.[9] Em 2010 começou a competir com a equipa da Caja Rural no nível Continental e Ferrari passou a fazer parte do plantel.[10]

Participou no Campeonato do Mundo de Mendrisio (Suíça).[11]

Proveniente de um país plano, progrediu nas etapas de montanha destacando mais nestas que nas planícies[12] O ano 2011 foi sua melhor temporada, conseguindo duas vezes o 5º posto em etapas da Volta ao Lago Qinghai, volta que finalizou 10º. Fez parte da equipa na Volta a Portugal, onde ganhou a classificação da montanha e acabou no ano também com um 5º lugar no Giro de Romagna

Em 2012 participou no mundial de ciclismo disputado em na Holanda. Na prova em estrada representou a seleção uruguaia e abandonou a corrida e na contrarrelógio por equipas defendeu à Caja Rural acabando 29º. Anteriormente foi 7º na Clássica de Ordicia.

Em 2013 seu calendário foi de maior nível, participando em corridas UCI WorldTour como a Volta ao País Basco e a Clássica de São Sebastião. A princípios de agosto, antes a disputar a Volta a Burgos (corrida em que ganhou a classificação das metas volantes), foi anunciado que estaria na equipa para a Volta a Espanha, sendo o segundo ciclista uruguaio que corre a volta espanhola, depois que Héctor Rondán o fizesse em 1980.[13][14][15]

Troféus[editar | editar código-fonte]

Resultados nas Grandes Voltas[editar | editar código-fonte]

Volta à Espanha[editar | editar código-fonte]

Equipas profissionais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Justo y sorpresivo triunfo de Ferrari». Diario la República 
  2. Equipo Azpiru-Ugarte 2008
  3. «Fabricio Ferrari es el más regular y gana el torneo euskaldun». gara.net 
  4. «Ferrari también vuela». Diario Noticias de Alava 
  5. «Ferrari se luce camino de Zumarraga». noticiasdeguipuzkoa.com 
  6. «Vuelta al Goierri 2008». Cycling Archives 
  7. «Ferrari somete a sus rivales en la Bizkaiko Bira». que.es 
  8. «Uruguay tiene al mejor Ferrari en rutas europeas». Ovación digital 
  9. «Fabricio Ferrari, último fichaje para el reforzado Caja Rural». Real Federación Española de Ciclismo  |arquivourl= é mal formado: timestamp (ajuda)
  10. «Entrevista al uruguayo del Caja Rural Fabricio Ferrari». Ciclista y ciclismo.blogspot.com 
  11. «Ferrari nominado por la Federación para el Mundial». Diario La República 
  12. Parado en los pedales - Fermín Mendez, La Diaria, 29 de agosto de 2013
  13. Caja Rural-RGA, con su nueve de la Vuelta definido biciciclismo.com
  14. Corredores RONDAN FERNANDEZ HECTOR RAOUL historia.lavuelta.com
  15. FABRICIO FERRARI: " MI PRESENCIA EN LA VUELTA ES UN SUEÑO COMO CORREDOR". sprintespecial
  16. «Ricardo Mestre e o Tavira consagrados na Volta a Portugal -». jornalciclismo.com. Consultado em 23 de março de 2016. 
  17. «Ciclismo - Fabricio Ferrari Barcelo (Uruguay)». www.los-deportes.info. Consultado em 23 de março de 2016. 
  18. «Ferrari se despidió en el lugar 121». www.ovaciondigital.com.uy (em espanhol). Consultado em 23 de março de 2016. 
  19. «Vuelta a España - MARCA.com». www.marca.com. Consultado em 23 de março de 2016. 
  20. «Integrantes - Vuelta a España 2013 en AS.com». resultados.as.com. Consultado em 23 de março de 2016. 
  21. «FABRICIO FERRARI – Team Caja Rural». www.teamcajarural-segurosrga.com. Consultado em 23 de março de 2016. 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Fabricio Ferrari


Ícone de esboço Este artigo sobre ciclismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.