Fada Santoro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes confiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde Agosto de 2012) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde abril de 2008).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.


Fada Santoro
Nome completo Mafalda Basílio Monteiro dos Santos Santoro
Nascimento 29 de agosto de 1926 (91 anos)
Rio de Janeiro, RJ
IMDb: (inglês)

Fada Santoro, nome artístico de Mafalda Basílio Monteiro dos Santos Santoro (Rio de Janeiro, 29 de agosto de 1926) é uma atriz brasileira.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Fada começou muito jovem sua carreira, atuando como dançarina na Companhia de Alda Garrido. Foi depois crooner em cassinos na década de 1940.

A estréia como atriz no cinema foi no final da década de 1930, no filme Samba da Vida. Também atuou no cinema argentino e fez dupla em muitos filmes com o ator Cyll Farney.

Abandonou a carreira no final da década de 1950 quando se casou e passou a se dedicar apenas à família.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel
1974 Assim Era a Atlântida [1] Ela Mesma
1957 O Boca de Ouro
O Capanga
1956 África Ríe
1955 La Delatora
Nem Sansão nem Dalila Miriam
1954 Perdidos do Amor
Dúvida
1953 Agulha no Palheiro Mariana
Força do Amor
1952 Areias Ardentes Gisela
Barnabé Tu És Meu Zulema [2]
1951 Milagre de Amor
Tocaia [3]
1950 O Pecado de Nina Nina
1949 Escrava Isaura Isaura
Pra Lá de Boa
Jangada
1945 Pif-Paf
1944 Romance Proibido Mulher no Baile
Berlim na Batucada
1938 Maridinho de Luxo Mulher no casamento
1937 Samba da Vida

Referências

  1. Cinemateca Brasileira Assim Era a Atlântida [em linha]
  2. Cinemateca Brasileira Barnabé, Tu és Meu [em linha]
  3. «Tocaia». Cinemateca Brasileira. Consultado em 21 de novembro de 2017 
Ícone de esboço Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.