Falha catastrófica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Uma falha catastrófica é um fracasso repentino e total, do qual a recuperação é impossível. Falhas catastróficas, muitas vezes, levam a uma falha em cascata de sistemas. O termo é mais comumente usado para falhas estruturais, mas muitas vezes tem sido estendido a muitas outras disciplinas das quais a perda total e irrecuperável ocorre. Tais falhas são investigadas através de métodos de engenharia forense, que tem como objetivo isolar a causa ou causas da falha.

Por exemplo, uma falha catastrófica pode ser observada em uma falha no rotor de turbina a vapor, que pode ocorrer devido ao pico de estresse no rotor; a tensão concentrada aumenta até um ponto em que ela é excessiva, culminando em uma falha do disco.

Em armas de fogo, uma falha catastrófica geralmente refere-se a uma ruptura ou a desintegração do cano da arma ao atirar. Algumas possíveis causas disso são o uso incorreto de munições, o uso de munições com uma carga incorreta de propelente,[1] cano parcialmente ou totalmente obstruído,[2] ou o enfraquecimento do metal do cano. Uma falha deste tipo, conhecida coloquialmente como "kaboom", ou falha "kB", pode representar uma ameaça não apenas para o usuário, mas até mesmo para as pessoas ao redor.

Em engenharia química, um disparo térmico pode causar uma falha catastrófica.

Exemplos[editar | editar código-fonte]

Ponte Tay original, vista do norte
Ponte Tay caída, vista do norte

Exemplos de falha catastrófica em estruturas de engenharia incluem:

Referências[editar | editar código-fonte]

  • FEYNMAN, Richard; LEIGHTON, Ralph (1988). What Do You Care What Other People Think?. Estados Unidos: W. W. Norton. ISBN 0-553-17334-0 
  • LEWIS, Peter R. (2004). Beautiful Railway Bridge of the Silvery Tay: Reinvestigating the Tay Bridge Disaster of 1879. [S.l.]: Tempus. ISBN 0-7524-3160-9 
  1. HAL, W. Hendrick; PARADIS; HORNICK (12 de dezembro de 2010). Human Factors Issues in Handgun Safety and Forensics. [S.l.]: CRC Press. p. 132. ISBN 9781420062977. Consultado em 24 de fevereiro de 2014 
  2. CARTER, Gregg Lee (2012). Guns in American Society. Santa Barbara: ABC-CLIO. p. 255. ISBN 978-0-313-38670-1