Femarelle (DT56a)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Femarelle (DT56a) é um novo modulador seletivo do receptor de estrógeno (SERM) [1] para o tratamento da menopausa e saúde óssea. DT56a é obtido de grãos de soja através de um processo único, produzindo um composto estável e padronizado, com claro perfil químico.

Modo de ação[editar | editar código-fonte]

Femarelle exerce atividade agonística (estimulante) dos receptores de estrogênio no cérebro e ossos,[2][3] levando ao alívio dos sintomas da menopausa, como Ondas de Calor (elevação súbita de temperatura corporal) [4] e contribuindo para o aumento da densidade mineral óssea (BMD).[5] O medicamento age simultaneamente como um antagonista (bloqueador) nos tecidos mamários [6] e uterinos,[3][7] desta maneira não causando aumento da proliferação celular nesses tecidos. Foi descoberto que Femarelle provoca a regeneração dos ossos através de um aumento na atividade dos osteoblastos,[8] o que o torna um agente único contra a perda de tecido ósseo decorrente da menopausa. Apesar de ativar os receptores de estrogênio, Femarelle não altera o perfil hormonal sangüíneo,[4] indicando que o organismo não o reconhece como um estrogênio endógeno. Além do mais, Femarelle não afeta a coagulação sangüínea.[9]

Indicações[editar | editar código-fonte]

Para o alívio dos sintomas da menopausa e promoção do crescimento ósseo.

Descobertas recentes[editar | editar código-fonte]

Um estudo recente demonstrou que Femarelle não tem efeito na coagulação sangüínea em mulheres saudáveis ou trombofílicas Nachtigall L., in process.

Nomes comerciais[editar | editar código-fonte]

Femarelle (Grécia, Itália, Espanha, Israel, Estados Unidos, Índia, Látvia, Lituânia, Estônia)
Tofupill (Noruega, Suécia, Chipre, México)
Bonfemi (Finlândia)

Referências

  1. Somjen D, Katzburg S, Knoll E; et al. (2007). «DT56a (Femarelle): a natural selective estrogen receptor modulator (SERM)». J. Steroid Biochem. Mol. Biol. [S.l.: s.n.] 104 (3-5): 252–8. doi:10.1016/j.jsbmb.2007.03.004. PMID 17428655. 
  2. Somjen D, Yoles I (2003). «DT56a stimulates creatine kinase specific activity in vascular tissues of rats». J. Endocrinol. Invest. [S.l.: s.n.] 26 (10): 966–71. PMID 14759068. 
  3. a b Somjen D, Yoles I (2003). «DT56a (Tofupill/Femarelle) selectively stimulates creatine kinase specific activity in skeletal tissues of rats but not in the uterus». J. Steroid Biochem. Mol. Biol. [S.l.: s.n.] 86 (1): 93–8. PMID 12943748. 
  4. a b Yoles I, Yogev Y, Frenkel Y, Hirsch M, Nahum R, Kaplan B (2004). «Efficacy and safety of standard versus low-dose Femarelle (DT56a) for the treatment of menopausal symptoms». Clin Exp Obstet Gynecol [S.l.: s.n.] 31 (2): 123–6. PMID 15266766. 
  5. Yoles I, Yogev Y, Frenkel Y, Nahum R, Hirsch M, Kaplan B (2003). «Tofupill/Femarelle (DT56a): a new phyto-selective estrogen receptor modulator-like substance for the treatment of postmenopausal bone loss». Menopause [S.l.: s.n.] 10 (6): 522–5. doi:10.1097/01.GME.0000064864.58809.77. PMID 14627860. 
  6. Yoles I, Lilling G (2007). «Pharmacological doses of the natural phyto-SERM DT56a (Femarelle) have no effect on MCF-7 human breast cancer cell-line». Eur. J. Obstet. Gynecol. Reprod. Biol. [S.l.: s.n.] 130 (1): 140–1. doi:10.1016/j.ejogrb.2006.02.010. PMID 16580119. 
  7. Oropeza MV, Orozco S, Ponce H, Campos MG (2005). «Tofupill lacks peripheral estrogen-like actions in the rat reproductive tract». Reprod. Toxicol. [S.l.: s.n.] 20 (2): 261–6. doi:10.1016/j.reprotox.2005.02.007. PMID 15878261. 
  8. Somjen D, Katzburg S, Lieberherr M, Hendel D, Yoles I (2006). «DT56a stimulates gender-specific human cultured bone cells in vitro». J. Steroid Biochem. Mol. Biol. [S.l.: s.n.] 98 (1): 90–6. doi:10.1016/j.jsbmb.2005.08.002. PMID 16243521. 
  9. segparis2007.com/docs/Livre_du_congres_-_Congress_book.pdf

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Medicamento é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.