Formatação de texto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Formatação de texto é a etapa da preparação do texto que inclui a organização visual, realce e estrutura. Na formatação se escolhe o tipo de letra, tamanho, estilo, cor, espaçamento, posição vertical do texto e adição de efeitos, tais como sublinhado. Pode também controlar o espaçamento e avanço, adicionar marcas e números, bem como definir o alinhamento.

Pode-se aplicar formatação às palavras, ao parágrafo ou ao texto inteiro. Pode-se aplicar as propriedades de tipo de letra, tais como tipo de letra, tamanho, cor, realce e efeitos ao texto selecionado e as propriedades do parágrafo tais como alinhamento, marcas, numeração, sombreado e limites a quaisquer parcelas do texto[1] .

Há dois tipos de formatação: lógico e físico. Os efeitos de apresentação na tela são os mesmos: o motivo da distinção entre eles se deve à idéia básica de independência entre especificação e apresentação[2] . A formatação lógica se refere a atribuição de estilos aos diversos segmentos do texto, a formatação física se refere à configuração dada a cada campo.

Ver também[editar | editar código-fonte]

  • Design gráfico - Conceituação e concepção da peça gráfica visando adequar as demandas apresentadas pelo autor ou editor às condições orçamentárias existentes. Leva-se em conta o público-alvo do material a ser editado, a linguagem dos textos integrando todos esses fatores num produto final com uma relação custo-benefício otimizada.
  • Diagramação - Inserção e organização dos textos, imagens e elementos gráficos no projeto concebido de acordo com a programação visual proposta. Isso distribui a informação da melhor forma pela qual ela possa ser assimilada pelo leitor.
  • Normatização - A formatação normalmente inclui compatibilizar o texto a alguma norma técnica indicada, por exemplo, ABNT, APA, ISO ou centenas de outras, segundo a finalidade do texto.

Referências