Fouad Mebazaâ

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Fouad Mebazaâ
فؤاد المبزع
4.º Presidente da Tunísia
Período 14 de janeiro de 2011
a 13 de dezembro de 2011
Antecessor Zine el-Abidine Ben Ali
Sucessor Moncef Marzouki
Presidente da Câmara dos Deputados da  Tunísia
Período 14 de outubro de 1991
a 14 de janeiro de 2011
Antecessor Habib Boularès
Sucessor Sahbi Karoui (interino)
Dados pessoais
Nascimento 16 de junho de 1933 (86 anos)
Túnis, Flag of Tunisia with French canton.svg Tunísia Francesa
Partido RCD
Profissão advogado e cientista político

Fouad Mebazaâ (em árabe: فؤاد المبزع ; n. 16 de junho de 1933) é um político tunisiano e foi presidente da Tunísia, de 14 de janeiro a 13 de dezembro de 2011. Ele assumiu a Presidência após os grandes protestos que forçaram o exílio do presidente Zine el-Abidine Ben Ali. Mebazaâ é também presidente da Câmara dos Deputados da Tunísia,[1] desde 1997, e já ocupou os cargos de ministro da Juventude e Esportes (1973–78, indicado por Habib Bourguiba), ministro da Saúde Pública (1978–79) e ministro da Cultura e Informação (1979–81).

Ele foi prefeito de Túnis, sua cidade-natal, de 1969 a 1973, embaixador junto às Nações Unidas, de 1981 a 1986, embaixador no Marrocos, de 1986 a 1987, e novamente ministro do Esporte, por menos de um mês, em 1987. Mebazaâ foi também prefeito de Cartago, de 1995 a 1998. Ele é membro do Parlamento tunisiano desde 1964.

Mebazaâ graduou-se em Direito e Ciências Políticas em Paris.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascido durante a ocupação francesa da Tunísia, Mebazaa tornou-se um membro da "Juventude Constitucional" em 1947, do recém-fundado partido Neo-Destour, que foi extremamente importante na obtenção da independência da Tunísia.2 Ele foi eleito Secretário General do ramo regional do partido em La Marsa, em 1955, e presidente de sua unidade em Montpellier em 1956, ano em que a Tunísia conseguiu sua separação formal da França.2 Desde a independência

Mebazaa é advogado e economista formado em Paris, França. Sua carreira política começou em 1961, quando foi nomeado adjunto do Gabinete do Secretário de Estado para a Saúde e Assuntos Sociais; entre 1962 e 1964 foi chefe do Estado-Maior da Secretaria de Estado da Agricultura e entre o ano passado e 1965 foi Diretor de Juventude e Esporte.

Em 1964 ele também foi eleito pela primeira vez para o Parlamento da Tunísia; ele seria eleito várias vezes mais e, no total, foi deputado (paralelo aos seus outros cargos públicos) entre 1964 e 1965, entre 1974 e 1981 e entre 1995 e 2011.

Mebazaa foi Diretor de Segurança Nacional de 1965 a 1967 e novamente Diretor de Juventude e Esportes de 1967 a 1969; De 1969 a 1973 foi prefeito-governador da cidade da Tunísia. Ministro da Juventude e Desportos entre 1973 e 1978, Ministro da Saúde Pública de 1978 a 1979, e Ministro da Cultura e Informação de 1979 a 1981. Também Embaixador Representante Permanente da Tunísia nas Nações Unidas em Genebra de 1981 a 1986; Embaixador em Marrocos de 1986 a 1987, e novamente Ministro da Juventude e Desportos de 1987 a 1988. Desde 1997 Mebazaa foi presidente da Câmara dos Deputados da Tunísia.

Desde 1988, Mebazaa também era membro do Comitê Central do Partido Rassemblement Constitutionel Démocratique, e desde 1997 é membro do Bureau Político daquela organização que tem sido praticamente um único partido no país.

Referências

Precedido por
Mohamed Ghannouchi
Interino
Presidente da Tunísia
2011
Sucedido por
Moncef Marzouki
Precedido por
Habib Boularès
Presidente da Câmara dos Deputados da Tunísia
19912011
Sucedido por
Sahbi Karoui
Interino
Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.