Francisco Marques da Silva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Francisco Augusto Marques da Silva
Francisco Augusto Marques da Silva
Presidente do Club de Regatas Vasco da Gama
Período 1918/1919 a 1919/1920
Antecessor Vítor Farias Gonçalves
Sucessor Marcílio Teles
Período 1921 (Renunciou no mês de Março para regressar a Portugal.)
Antecessor Marcílio Teles
Sucessor Antonio de Almeida Pinho
Presidente da Associação Desportiva Ovarense
Período 1929/1930 a 1932/1933
Antecessor António Lúcio Pinto da Gama
Sucessor Jaime Victor Vieira Soares
Dados pessoais
Nome completo Francisco Augusto Marques da Silva
Nascimento 25 de junho de 1881
Ovar
Morte 08 de fevereiro de 1959 (77 anos)
Ovar
Nacionalidade português(a)
Cônjuge Georgina do Carmo Vieira Gomes
Assinatura Assinatura de Francisco Marques da Silva

Francisco Augusto Marques da Silva (Ovar, 25 de junho de 18818 de fevereiro de 1959) foi um dirigente desportivo e vareiro benemérito.[1][2][3]

Foi o 20º presidente do Club de Regatas Vasco da Gama durante três mandatos,[4] e o 7º presidente da Associação Desportiva Ovarense, à qual ofereceu o terreno onde foi construído o seu estádio, que ostenta, desde a inauguração, o seu nome.[5]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Francisco Augusto Marques da Silva nasceu na então Vila de Ovar, em 25 de junho de 1881, o segundo filho de António Marques da Silva, e de Rosa Duarte, ambos lavradores e moradores no largo de S. Miguel.[1]

Busto de Marques da Silva, aquando o seu descerramento, na inauguração do Estádio da A.D.O.

Tendo emigrado para o Brasil, foi eleito como 20º presidente do Club de Regatas Vasco da Gama,[4][6] cargo que exerceu por três ocasiões:

  • 1918/1919 - eleito em 20/12/1917 na assembleia geral iniciada em 14/12/1917, empossado a 18/01/1918;
  • 1919/1920 - eleito em 13/12/1918, empossado a 15/01/1919;
  • 1921 - eleito em 20/12/1920, empossado a 12/01/1921 (Reunciou no mês de Março para regressar a Portugal.)

*obs. (Francisco Marques da Silva foi eleito em 11 de Dezembro de 1919 mas a Assembleia tinha menos sócios do que o estatuto obrigava. Foi então realizada um nova votação em 2 de Fevereiro de 1920, onde foi eleito Marcílio Telles.)

Após o regresso a Portugal, esteve intimamente ligado à Associação Desportiva Ovarense, tendo sido eleito como o seu 7º presidente,[2][3] cargo exercido por quatro temporadas consecutivas:

  • 1929/1930;
  • 1930/1931;
  • 1931/1932;
  • 1932/1933.
Placa da Rua Marques da Silva, no bairro de S. Miguel (Ovar).

Honras[editar | editar código-fonte]

  • Existe uma rua em Ovar com o seu nome, no bairro de S. Miguel.[10]

Referências

  1. a b https://digitarq.adavr.arquivos.pt/viewer?id=1095462 Arquivado em 18 de junho de 2019, no Wayback Machine. Livro de Baptismos da Paróquia de Ovar, Livro 142, fólio 103, 30 de abril de 2019
  2. a b Lamy, Alberto Sosa (2001). Monografia de Ovar 1916-1959, 3º Vol, 2ª edição. Ovar: Câmara Municipal de Ovar. 122 páginas. Consultado em 13 de maio de 2019 [ligação inativa]
  3. a b Laranjeira, Eduardo Lamy (1996). O Futebol Vareiro. Ovar: Câmara Municipal de Ovar. 42 páginas. Consultado em 13 de maio de 2019 [ligação inativa]
  4. a b «Presidentes». www.vasco.com.br. Consultado em 3 de maio de 2019. Cópia arquivada em 24 de abril de 2019 
  5. «Parque Marques da Silva :: zerozero.pt». www.zerozero.pt. Consultado em 3 de maio de 2019. Cópia arquivada em 18 de junho de 2019 
  6. Club de Regatas Vasco da Gama: histórico : trabalho de pesquisa e redação de José da Silva Rocha. [S.l.]: Gráfica Olímpica Editora. 1975. Consultado em 7 de maio de 2019. Cópia arquivada em 18 de junho de 2019 
  7. «AD Ovarense - AFA TV». AFATV. Consultado em 3 de maio de 2019. Cópia arquivada em 30 de abril de 2019 
  8. Lamy, Alberto Sousa, “Monografia de Ovar”
  9. Lamy, Alberto Sousa (2001). Monografia de Ovar : freguesias de S. Cristóvão e de S. João de Ovar 2ª ed., rev. act. e aumentada ed. Ovar: Câmara Municipal, 2001. 7 páginas. ISBN 972-8174-21-7. Consultado em 4 de maio de 2019 
  10. «Código Postal». Código Postal. Consultado em 9 de dezembro de 2019. Cópia arquivada em 24 de março de 2019