Fredrika Bremer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fredrika Bremer
Fredrika Bremer
Nascimento 1801
Tuorla, Finlândia
Morte 1865
Årsta, Suécia
Nacionalidade Suécia Sueca
Ocupação Escritora, Feminista
Principais trabalhos Herta, 1856.

Fredrika Bremer (n. Tuorla, Turku, Finlândia, 1801 - m. Årsta, Suécia, 1865) foi uma escritora e feminista sueca.[1] [2]

Fredrika Bremer é conhecida pela sua militância feminista, e por ter sido um dos primeiros introdutores do romance realista burguês na literatura sueca. Foi uma entusiasta defensora do liberalismo cristão.
Foi viajante pelos Estados Unidos, em particular pelo Midwest. Em sua homenagem um condado do Iowa chama-se Condado de Bremer.
O seu romance Herta (1856), é o primeiro romance sueco em que é defendido o direito da mulher à educação, à atividade livre e aos direitos cívicos, ao mesmo nível que o homem.[1] [2]

Algumas obras[editar | editar código-fonte]

  • Grannarna, 1837
  • Hemmet, 1839
  • Familjen H, 1843
  • Herta, 1856.
  • Hemmen i den nya världen, 1853-54
  • Livet i Gamla världen, 1860-1862.

Referências

  1. a b «Fredrika Bremer» (em sueco). Projeto Runeberg - Nordic Authors. Consultado em 16 de fevereiro de 2016. 
  2. a b Miranda, Ulrika Junker; Anne Hallberg (2007). «Fredrika Bremer». Bonniers uppslagsbok (em sueco) (Estocolmo: Albert Bonniers Förlag). p. 120. ISBN 91-0-011462-6. 

Fontes[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Fredrika Bremer