Free-to-play

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Free-to-Play)
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura o documentário de 2014, veja Free to Play (filme).

Um jogo eletrônico baixável é chamado de free-to-play (do inglês: "gratuito para jogar") ou F2P quando não é exigido pagamento pelo seu download e acesso à maioria de seus recursos, mesmo que certos itens adicionais possam ser opcionalmente comprados. Estes itens, apesar de não serem requeridos para a funcionalidade principal do jogo, podem dar um realce considerável à habilidade ou estética (por exemplo: roupas, armas ou moedas). Assim, as empresas que lançam esse jogo lucram com a compra desses itens pelos jogadores. No entanto, muitos jogos free-to-play sem fins lucrativos também são lançados, conferindo ao jogador acesso a todos os recursos sem a necessidade de pagamento.

Exemplos clássicos de jogos free-to-play com fins lucrativos são os MMORPGs, os primeiros do ramo a se tornarem populares. Em jogos como Priston Tale, GunZ: The Duel, Gunbound e Maple Story, por exemplo, há sistemas chamados "item mall" ou "cash", no qual o jogador adquire moedas virtuais que só podem ser utilizadas em lojas para comprar recursos extras a serem utilizados dentro do jogo. Hoje em dia, existem jogos free-to-play dos mais variados gêneros.

Outros métodos de se atingir o lucro também são aplicados nos free-to-play. Um deles é consiste em lançar uma versão gratuita para atingir um alto nível de popularidade do jogo, atraindo assim mais jogadores para uma versão paga completa e atualizada. Alguns jogos free-to-play online também utilizam um limite de pessoas no servidor ou uma fila, fazendo com que a pessoa ou vá para o servidor pago ou compre uma assinatura para evitar a fila.

Críticas[editar | editar código-fonte]

Os críticos da categoria free-to-play preocupam-se que os jogadores que pagam por elementos especiais tenham vantagem sobre os jogadores que não compram os mesmos elementos; a experiência do jogo não vai ser tão agradável como em outros jogos, já que os jogadores que pagaram mais dinheiro tem mais êxito em relação aos que jogam sem investir dinheiro, que usam apenas sua habilidade e esforço. Aos jogos em que isso acontece, foi dado o nome "Pay to Win" (Pague para Ganhar, ou P2W).[1] No entanto, alguns sugerem que os pagamentos só devem ser usados para expandir a experiência de jogo sem afetar o jogo em si.

Referências

  1. «Urban dictionary: P2W» (em inglés). Consultado em 16 de Outubro de 2012. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre jogos eletrônicos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.