Frogmore Cottage

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Frogmore Cottage
Construção 1801
Proprietário inicial Carlota de Mecklemburgo-Strelitz
Proprietário atual Príncipe Henrique, Duque de Sussex

Princesa Eugênia do Reino Unido (anterior; emprestado)

Função atual Residência
Geografia
País Reino Unido
Local Windsor, Berkshire,  Reino Unido
Coordenadas 51° 28' 35" N 0° 35' 53" O

Frogmore Cottage é uma mansão situada nos jardins do palácio de Frogmore House, que por sua vez está situada nos jardins do Castelo de Windsor. O edifício foi construído a pedido da rainha Carlota de Mecklemburgo-Strelitz, consorte do rei Jorge III do Reino Unido e é um listed building.

Fez parte da propriedade da princesa Eugênia do Reino Unido e de seu esposo, o comerciante Jack Brooksbank, entre novembro de 2020 até janeiro de 2021, alguns meses após os donos, os Duques de Sussex (o príncipe Harry, Duque de Sussex e Meghan, Duquesa de Sussex) se mudaram para os Estados Unidos.

O seu nome deriva da palavra inglesa "frog" (rã), animal bastante comum nas áreas alagadas nos jardins de Frogmore House.[1]

História[editar | editar código-fonte]

A casa era conhecida originalmente como "Double Garden Cottage" e foi incluída nas contas de 1801 da rainha consorte Carlota de Mecklemburgo-Strelitz, que revelam que foi construída por 450 libras por Mr Bowen.[2] Esta serviu como casa para a rainha consorte Carlota e as suas filhas solteiras. Ela também foi usada como casa de campo ou de passeio pela rainha reinante Vitória do Reino Unido e pela rainha-mãe Isabel Bowes-Lyon.

A rainha reinante Vitória tomou o pequeno-almoço na casa em 28 de junho de 1875 e reparou que esta tinha "um vasto número de sapinhos" que ela achou "bastante nojentos".[3] A casa é um listed building desde 1975.[4]

Ocupantes[editar | editar código-fonte]

Para além de ter servido de refúgio para as filhas solteiras da rainha consorte Carlota de Mecklemburgo-Strelitz,[5] o imóvel de Frogmore Cottage foi ainda residência do teólogo Henry James Sr., que viveu no local com a sua família na década de 1840.[6]

Um secretário pessoal da rainha Vitória, Abdul Karim, mudou-se para Frogmore Cottage em 1897 com a sua esposa e pai.[7]

A grã-duquesa russa Xénia Alexandrovna viveu na mansão depois de ser exilada da Rússia até à década de 1920.[8]

No início do século XXI, a mansão estava separada em cinco unidades, onde viviam trabalhadores da residência.[9]

Casa oficial do príncipe Harry de Gales e Duque de Sussex[editar | editar código-fonte]

Entre 2018 e 2019, Frogmore Cottage foi remodelada para ser usada pelo príncipe Harry de Gales e sua esposa, Meghan Markle, então recém-casados. O local foi convertido em uma casa familiar com quatro dormitórios e berçário e ainda a construção de uma sala para ginástica e yoga, uma enfermaria e uma sala de visitas, além da completa reforma da cozinha. O custo total das obras foi de £ 2,4 milhões de libras esterlinas, dinheiro retirado do Sovereign Grant, que consiste em dinheiro público.[10] O valor gasto na remodelação foi criticado, mas, uma vez que Frogmore Cottage é um edifício de interesse público, a remodelação iria ocorrer de qualquer modo, independentemente dos seus ocupantes, segundo o Palácio de Buckingham.[11]

No início de janeiro de 2020, depois de anunciarem que se iriam retirar das suas funções como membros principais da família real britânica, o príncipe Harry, Duque de Sussex e a Meghan, Duquesa de Sussex comunicaram oficialmente que iriam devolver o dinheiro público gasto nas obras do imóvel. O Palácio de Buckingham também anunciou que o imóvel continuaria a ser a sua residência oficial no Reino Unido.[12]

Em 07 de setembro de 2020, foi anunciado que o príncipe Harry e a sua esposa a Meghan, Duquesa de Sussex já haviam devolvido o dinheiro ao Sovereign Grant, usado pelas reformas no imóvel.[13]

Uso pela princesa Eugênia de York[editar | editar código-fonte]

Em novembro de 2020, foi anunciado que a princesa Eugênia de York (prima em primeiro grau de Harry) e o seu marido o comerciante Jack Brooksbank teriam o imóvel emprestado pelo duque e duquesa de Sussex; o comunicado afirmava que a casa seguiria sendo dos duques de Sussex e que apenas estava sendo "emprestada" a princesa Eugênia e o marido.[14][15]

No final de dezembro de 2020, começou a surgir boatos na mídia de que a princesa Eugênia e o seu marido estavam planejando sair do imóvel.[16][17][18]

Em janeiro de 2021, a princesa Eugênia e o seu marido saíram de forma rápida e misteriosa do imóvel, após menos de seis semanas vivendo lá.[19][20][21][22]

Galeria de fotos[editar | editar código-fonte]

O site especializado Getty Images tem uma galeria de fotos de Frogmore Cottage: https://www.gettyimages.com/photos/frogmore-cottage

Referências[editar | editar código-fonte]

[23]

[24]

[25]

  1. CharlotteDunn (26 de setembro de 2017). «Isabel Ângela Margarida Bowes-Lyon». The Royal Family (em inglês). Consultado em 6 de maio de 2019 
  2. Roberts, Jane (1997). Royal Landscape: The Gardens and Parks of Windsor (em inglês). [S.l.]: Yale University Press. ISBN 978-0-300-07079-8 
  3. Victoria, Queen; Victoria, Victoria (25 de setembro de 2014). The Letters of Queen Victoria (em inglês). [S.l.]: Cambridge University Press. ISBN 978-1-108-07780-4 
  4. «FROGMORE COTTAGE IN FROGMORE GROUNDS, Windsor and Maidenhead - 1117778 | Historic England». historicengland.org.uk (em inglês). Consultado em 28 de janeiro de 2020 
  5. Maudlin, Daniel (24 de julho de 2015). The Idea of the Cottage in English Architecture, 1760 - 1860 (em inglês). [S.l.]: Routledge. ISBN 978-1-317-64315-9 
  6. Helin, Jenny; Hernes, Tor; Hjorth, Daniel; Holt, Robin (15 de maio de 2014). The Oxford Handbook of Process Philosophy and Organization Studies (em inglês). [S.l.]: OUP Oxford. ISBN 978-0-19-164810-6 
  7. Scientific American: Supplement (em inglês). [S.l.]: Munn and Company. 1897 
  8. Faber, Toby (4 de setembro de 2008). Faberge's Eggs: One Man's Masterpieces and the End of an Empire (em inglês). [S.l.]: Pan Macmillan. ISBN 978-0-230-71396-3 
  9. «Search for planning applications». publicaccess.rbwm.gov.uk (em inglês). Consultado em 28 de janeiro de 2020 
  10. «Harry and Meghan's home cost taxpayers £2.4m». BBC News (em inglês). 25 de junho de 2019 
  11. Murphy, Victoria (24 de junho de 2019). «The Renovations to Frogmore Cottage, Prince Harry and Meghan Markle's New Home, Cost $3.05 Million in Public Funds». Town & Country (em inglês). Consultado em 28 de janeiro de 2020 
  12. Kirsty.Oram (18 de janeiro de 2020). «Statement from Her Majesty The Queen». The Royal Family (em inglês). Consultado em 28 de janeiro de 2020 
  13. «Príncipe Harry e Meghan reembolsam contribuintes britânicos por reforma de casa». CNN Brasil. Consultado em 9 de setembro de 2020 
  14. «Princesa Eugenie muda-se para Frogmore Cottage, Príncipe Harry, casa da Duquesa Meghan no Reino Unido». Consultado em 3 de fevereiro de 2021 
  15. Scobie, Omid (21 de novembro de 2020). «Prince Harry & Duchess Meghan "Delighted" as Princess Eugenie Moves into Frogmore Cottage». Harper's BAZAAR (em inglês). Consultado em 3 de fevereiro de 2021 
  16. «Princesa Eugenie e o marido se mudam para casa do Príncipe Harry e Meghan Markle em Windsor». Quem. Consultado em 3 de fevereiro de 2021 
  17. «Princess Eugenie Reportedly Moved Out of Frogmore Cottage After Just Six Weeks». www.yahoo.com (em inglês). Consultado em 3 de fevereiro de 2021 
  18. Dixon, Emily (14 de janeiro de 2021). «Royal Experts Reveal Why Princess Eugenie Moved Out of Frogmore». Marie Claire (em inglês). Consultado em 3 de fevereiro de 2021 
  19. «Caras | Princesa Eugenie deixa Frogmore Cottage, a casa de Harry e Meghan». Caras. 15 de dezembro de 2020. Consultado em 3 de fevereiro de 2021 
  20. «Eugenia de York abandona Frogmore Cottage». HOLA (em espanhol). 14 de dezembro de 2020. Consultado em 3 de fevereiro de 2021 
  21. «Princess Eugenie Already Moved Out of Frogmore Cottage». Observer (em inglês). 14 de dezembro de 2020. Consultado em 3 de fevereiro de 2021 
  22. «Princesa Eugenie e marido abandonam casa emprestada por Harry e Meghan após seis semanas morando lá». Monet. Consultado em 3 de fevereiro de 2021 
  23. «Frogmore Cottage: inside Prince Harry and Meghan Markle's new home, where their royal baby will grow up». Consultado em 6 de maio de 2019 
  24. «From mother and baby yoga to a gender-neutral nursery and visits from A-list stars - what life at Frogmore Cottage has in store for Baby Sussex». Consultado em 6 de maio de 2019 
  25. «Así es Frogmore Cottage, la nueva casa de 10 habitaciones de Enrique y Meghan»