Gaétan Vestris

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Gaétan Vestris
Nascimento 18 de abril de 1729
Florença
Morte 23 de setembro de 1808 (79 anos)
Paris
Sepultamento Cemitério de Montmartre
Cidadania França
Cônjuge Rose Vestris
Ocupação bailarino, coreógrafo, mestre de balé

Gaetano Apolline Baldassarre Vestris, mais conhecido como Gaétan Vestris (Florença, 18 de abril de 1729 - Paris, 23 de setembro de 1808) foi um dançarino de balé franco-italiano, considerado o maior nome de sua geração.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascido de uma família teatral italiana, mudou-se com toda sua família para Paris em 1747, e cerca de um ano depois passou a estudar dança com Louis Dupré na Royal Academy em Paris,[1] depois se juntou à Ópera de Paris, onde atuou como mestre de dança para Luis XVI. Vestris foi o primeiro dançarino a descartar a máscara e usar seu rosto em mímica. Fez sua estreia na ópera em 1749.

Em 1751 seu sucesso e sua vaidade haviam crescido a tal ponto que ele teria dito: "Há apenas três grandes homens na Europa - o rei da Prússia, Voltaire e eu". Ele era um excelente imitador, bem como dançarino. De 1770 a 1776 foi mestre e compositor de balés, retirando-se, em favor de Jean Georges Noverre, com uma pensão.[2]

Vestris se casou com a dançarina Anna Heinel (1753-1808), de origem alemã, que teve um sucesso maravilhoso na ópera. Ele reapareceu aos setenta e um anos por ocasião da estreia de seu neto.[2]

Família[editar | editar código-fonte]

Caetano teve vários filhos que também se tornaram dançarinos. Ele era o amante da bailarina francesa Marie Allard, e deles nasceu Auguste Vestris (1760-1842), que também foi considerado o maior dançarino do sexo masculino de sua época.[3] Auguste fez sua estreia aos doze anos na Ópera de Paris, e foi o principal dançarino da companhia por trinta e seis anos. O filho de Auguste, Auguste Armand Vestris (1788-1825), marido de Lucia Elizabeth Vestris, assumiu a mesma profissão e fez sua estreia na ópera em 1800, mas deixou Paris, indo para Inglaterra, Itália e Viena, não retornando mais para a França. O irmão de Gaetano, Angiolo Vestris (1730-1809), ex-bailarino e depois ator da Comédie-Italienne, casou-se com Marie Rose Gourgaud, irmã do ator Dugazon. A irmã de Gaetano e Angiolo, Thérèse (1726-1808), também foi bailarina.[2]

Referências

  1. «Gaétan Vestris». Enciclopedya Britannica (em inglês). Consultado em 8 de abril de 2019 
  2. a b c Chisholm 1911.
  3. Commire, ed. (2002). «Allard, Marie (1742–1802)». Women in World History: A Biographical Encyclopedia. [S.l.: s.n.] ISBN 0-7876-4074-3. Consultado em 8 de abril de 2019. Arquivado do original em 23 de janeiro de 2012. (pede subscrição (ajuda))